Ampliar (Fonte da imagem: reprodução/Google Plus Ghosts)


Se sua conta no Google+ está acumulando poeira, não se sinta culpado, pois você não é o único a deixar a rede social de lado. Uma pesquisa mostrou que até mesmo os funcionários da empresa não estão utilizando a página com frequência, deixando-a sem atualizações por um tempo considerável.

De acordo com o site Google Plus Ghosts — uma página criada exatamente para monitorar a atividade dos empregados da gigante da internet na rede —, cerca de um terço das pessoas que dizem trabalhar na empresa não enviaram nenhuma mensagem nos últimos 30 dias. E a situação não é recente, já que, nos últimos três meses, 20% das contas desses funcionários permaneceram inativas.

De acordo com o responsável pelos dados, Yousaf Sekander, esses números são bem preocupantes e desencorajadores. Segundo ele, como a companhia quer que o usuário comum se sinta motivado a participar da Google+ se nem mesmo quem desenvolve a ferramenta a utiliza? Para Sekander, essa falta de engajamento interno é um grande sinal de que as coisas não vão bem.

Versão da Google

É claro que, diante desses resultados, a Google iria se pronunciar — ou uma pessoa ligada a ela, pelo menos. Segundo uma fonte do site Mashable, os dados coletados pelo Google Plus Ghost não são precisos, uma vez que eles se baseiam apenas em postagens marcadas como públicas, desconsiderando aquilo que é barrado pelo filtro de privacidade.

De acordo com esse suposto contato, isso significa que a pesquisa não mostra que os funcionários da empresa não utilizam o serviço, mas apenas que eles não querem se expor publicamente, preferindo interagir com seus amigos de maneira mais discreta.

Cupons de desconto TecMundo: