É verdade que o Google+ possui bastante usuários, mas ainda falta muito para a rede social da Google se igualar ao Facebook. Enquanto alguns torcem para que essa data chegue, outros afirmam que isso jamais acontecerá. E não são apenas os usuários, pois até mesmo funcionários da Google já disseram que o Plus não agrada.

(Fonte da imagem: Reprodução/OreillyConf-Flickr)

Steve Yegge, engenheiro de software da Google, afirmou em seu blog que o Google+ não passa de uma cópia mal feita do Facebook. Ele ainda chama o sistema de “reação desesperada”, referindo-se ao desejo da Google de reconquistar os usuários que perdeu para a rede de Mark Zuckerberg. Um dos trechos mais fortes do texto pode ser visto a seguir (o texto completo, em inglês, pode ser acessado pelo site Minyanville):

“Our Google+ team took a look at the aftermarket and said: ‘Gosh, it looks like we need some games. Let’s go contract someone to, um, write some games for us.’ Do you begin to see how incredibly wrong that thinking is now? The problem is that we are trying to predict what people want and deliver it for them.”

Em tradução livre: “Nossa equipe do Google+ deu uma olhada no mercado e disse: ‘Nossa, parece que nós precisamos de games. Vamos contratar alguém para, hmm, fazer alguns games para nós.’ Vocês conseguem ver o quanto isso é incrivelmente errado? O problema é que nós estamos tentando profetizar o que as pessoas vão querer e então entregamos isso para elas.”

Isso mostra que Yegge não está contente com as tentativas da Google em impor necessidades aos usuários. Segundo o próprio programador, o texto não deveria ter sido publicado, pois a intenção dele era apenas mostrar seu descontentamento com o Google+ para os seus colegas de trabalho. 

Cupons de desconto TecMundo: