A internet é livre e totalmente arbitrária, o que significa que qualquer pessoa pode postar praticamente o que bem entender – desde uma poesia, um guia como aprender mandarim ou uma teoria maluca sobre a existência de seres reptilianos infiltrados em nossa sociedade.

Dessa forma, as chances de você se deparar com conteúdo falso (popularmente conhecido como hoax) são bem grandes, principalmente se eles são postados em fóruns ou em páginas de caráter duvidoso. Mas, e aí? Como saber se aquela história viral na internet é real ou fake? É o que você confere agora!

Um exemplo clássico de hoax

Busca reversa de imagens

Essa é a primeira e uma das melhores opções para você descobrir se uma imagem é fake ou não. Tudo o que você tem que fazer é jogar a imagem no Google Imagens ou em ferramentas como o TinEye e fazer a busca.

Pela comparação das imagens, você pode descobrir de qual evento realmente é uma imagem, fazendo as devidas associações e relações. Ou seja, não acredite em tudo o que você vê, principalmente se a fonte não tem procedência.

YouTube DataViewer

Quando você assiste um vídeo no YouTube é importante ter certeza que as cenas correspondem aos episódios que estão sendo relatados. Videos recarregados de forma fraudulenta por pessoas que se dizem testemunhas oculares de determinados eventos pode ser mais comum do que você imagina.

Para evitar ser enganado, você pode usar uma ferramenta bem simples da Anistia Internacional chamada YouTube DataViewer. Depois de inserir o URL do vídeo, o serviço extrairá a data do upload e todas as imagens em miniaturas associadas.

Dessa forma, você poderá identificar quando o vídeo foi postado pela primeira vez. Além disso, é possível usar a imagem das miniaturas na pesquisa de imagem reversa para encontrar ainda mais informações sobre o conteúdo.

Jeffrey Exif Viewer

Fotos, vídeos e até arquivos de áudio que são registrados por câmeras digitais ou smartphones contém informações armazenadas em um arquivo batizado de “Exchangeable Image File” (EXIF). Você pode descobrir através dele a câmera usada, além da data, hora e o local do registro.

Por isso, você pode descobrir dados de uma grande quantidade de fotos que rolam pela internet, com a ajuda do Jeffrey Exif Viewer. Basta jogar a URL para que os dados EXIF sejam carregados, fornecendo informações precisas sobre um determinado evento.

FotoForensics

E que tal descobrir se uma imagem tem modificações feitas no Photoshop? Para isso, você pode usar o FotoForensics, um serviço que utiliza a “análise do nível de erro” (ELA) para identificar as partes de uma imagem que podem ter sido alteradas.

A ferramenta permite que você faça o upload ou digite a URL de uma imagem suspeita. Em seguida, ela será capaz de destacar áreas na fotografia que contém diferenças na qualidade, sugerindo possíveis alterações.

WolframAlpha

O WolframAlpha também pode ser usado contra as fraudes. O “motor de conhecimento computacional” permite que você verifique as condições do tempo em uma data e um local específico. Então, se uma imagem incrível de um tornado estiver relacionada a algum dia específico, você conseguirá descobrir a verdade.

Basta você digitar, por exemplo, tempo em Miami, 2:00 em 10 de setembro de 2014. Compare as informações com a imagem e comprove se realmente houve condições para que um tornado tenha sido formado no dia.

Mapas online

Você também pode bancar o detetive usando o Google Street View e o Google Earth, além do Wikimapia para identificar a localização de uma foto ou vídeo suspeito. Observe se existem pontos de referência para comparar, se há marcos distintos que se igualam e até se a paisagem é a mesma.

Esses três critérios são amplamente usados para verificar se um conteúdo realmente é do local que estão dizendo que é. O Google Earth é especialmente usado por jornalistas investigativos para rastrear informações – e não esqueça: essa é uma ferramenta gratuita que também está na sua mão.

Gostou das informações?

Você já caiu em algum tipo de fraude na internet? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: