O Brasil foi o país escolhido pela GE para receber seu primeiro Centro de Pesquisas Global na América Latina. Especificamente na Ilha do Fundão, Rio de Janeiro, o terreno possui 24 mil m² de área construída (total de 47 mil m²), onde a empresa promete trabalho para até 400 pesquisadores em produtos e soluções.

Com um custo de R$ 500 milhões, o Centro reside em um espaço cedido pelo Governo do Estado por 50 anos. Ao final desse período, o tempo poderá ser estendido.

Segundo a GE, o Brasil é o seu terceiro maior mercado. "Acreditamos que a região continuará sendo boa a longo prazo. Gostamos dos empreendedores e das universidades brasileiras, que estão se tornando tão competitivas quanto as principais do mundo", comenta o CEO mundial da General Electric, Jeffrey Immelt.

O norte-americano Kenneth G. Herd é quem comanda o Centro no Brasil, que atualmente conta com 110 funcionários, sendo 90 pesquisadores. Até o momento, apenas três patentes foram registradas no Rio, enquanto a GE homologou 2.839 em seus outros Centros pelo mundo em 2013.

Outras Centros de Pesquisas Global estão em Niskayuna (EUA), Bangalore (Índia), Xangai (China) e Munique (Alemanha).

Cupons de desconto TecMundo: