(Fonte da imagem: Reprodução/Grupo MicroSegur)

Ainda que a Samsung esteja supostamente trabalhando em novas tecnologias de recarga sem fio há algum tempo, incluindo a interessante técnica com uso de ressonância magnética, e que existam boatos de que alguns dos aparelhos que a fabricante coreana vai lançar em 2014 venham com esses recursos, parece que o Galaxy S5 não vai ser um deles.

Segundo uma publicação da Coreia, o novo aparelho high-end da Samsung não virá com compatibilidade nativa com a nova tecnologia. A fabricante acaba de lançar uma capa oficial para o Galaxy S4, o que indica que é possível que o S5 tenha algo similar, mas que ainda assim não fará uso da ressonância magnética. Além disso, a reportagem também desmente os rumores de que o novo celular terá um leitor de retinas.

Acessórios para recarga sem fios já estão disponíveis para o público há algum tempo, mas a tecnologia em seu estado atual ainda não se consagrou como uma necessidade real para os usuários. Na maior parte dos casos, as pessoas precisam comprar equipamentos adicionais para conseguir recarregar as baterias por meios wireless, o que se soma ao preço de um novo smartphone e desestimula a aquisição.

Estado atual

A recarga sem fio por ressonância magnética permitiria que os usuários energizassem as baterias de seus dispositivos móveis compatíveis com a tecnologia sem a necessidade de colocá-los sobre uma base especial. Dessa forma, seria possível mover o aparelho e até mesmo utilizá-lo enquanto ele é carregado – ao contrário das soluções atuais para a recarga sem fios atuais, que exigem contato constante com a base.

Outras companhias já estão trabalhando em equipamentos para permitir a recarga sem fio por ressonância magnética. A Intel está criando um aparelho que permite energizar vários dispositivos simultaneamente, enquanto a Mediatek está criando um carregador que fornece energia mesmo através de móveis e paredes. Outro exemplo é a Aliança pela Força Sem Fios (A4WP, na sigla em inglês), que tem o apoio da LG, Samsung, Qualcomm e Intel, entre outras.

Cupons de desconto TecMundo: