Se nem as explosões do Galaxy Note 7 foram capazes de derrubar o phablet da Samsung, aparentemente, a fabricante imagina que o preço também não será. Tanto é que os rumores mais recentes sobre isso dão conta de que o Galaxy Note 8 deve chegar às lojas custando por € 1.000 (R$ 3,7 mil em conversão direta).

A informação foi publicada nesta sexta-feira (23) pelo famoso vazador do mundo mobile Evan Blass. Para justificar o preço bem salgado e também diferenciá-lo de seus “irmãos menores” S8 e S8+, a Samsung estaria planejando incluir no Note 8 melhores componentes e também um par de câmeras traseiras, além da já tradicional caneta S Pen.

Se o preço de € 1.000 se confirmar, será o aparelho mais caro da história da Samsung

Mas será o suficiente? A pergunta é válida porque, segundo os principais rumores, o Galaxy Note 8 deve manter os mesmos chipsets dos flagships lançados em março desse ano, ou seja, Snapdragon 835 (EUA e China) e Exynos 8895. O principal ganho seria na memória RAM: 6 GB contra 4 GB dos irmãos menores.

De qualquer maneira, independente das configurações do Note 8 e de suas chances no mercado, se o preço de € 1.000 se confirmar, será o aparelho mais caro da história da Samsung. O Galaxy Note 8 deve ser apresentado oficialmente em agosto ou setembro deste ano.

Cupons de desconto TecMundo: