Tela flexível, mas sem dobrar! (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

O Galaxy Note 3 chega no mês que vem ao mercado e vem com tudo para se tornar um dos aparelhos mais potentes da Samsung. Mais leve, mais fino, com bateria de maior duração e ampliando os recursos da caneta S Pen, o phablet quer conquistar uma grande fatia de mercado.

Para tanto, a companhia sul-coreana deve lançar algumas variações do aparelho, como a opção com suporte a dois chips, por exemplo. Hoje, no entanto, alguns rumores de que ele deve contar também com uma versão trazendo a primeira tela flexível a chegar às lojas do mundo todo.

Para quem tem dinheiro

A novidade, contudo, deve chegar com preço alto. Segundo algumas publicações da Coréia do Sul, a versão flexível do Galaxy Note 3 viria em um lançamento premium e com um número bem inferior de unidades sendo produzidas. O aparelho seria ainda mais “high end”, contando com tela OLED flexível e um chassi totalmente construído em metal.

Mas, pera lá, então a tela dobrável virá “presa” em um involucro sólido? Sim, os rumores apontam exatamente para isso. O objetivo da Samsung seria aproveitar o lançamento para se afirmar como a primeira companhia a introduzir ao mercado as telas flexíveis. Vale lembrar que tomar a dianteira no lançamento de novas tecnologias é algo importante para o mercado – e também para os investidores.

Além disso, o consumidor que adquirir essa versão exclusiva do Galaxy Note 3 pode até não ser capaz de dobrar o seu aparelho, contudo, terá nas mãos um gadget com uma nova e revolucionária tecnologia que, além de ser flexível, também deixa os aparelhos bem mais leves e muito mais resistentes. Será que os rumores são verdadeiros?

Cupons de desconto TecMundo: