O mercado é reabastecido com uma frequência que a grande maioria dos consumidores não consegue acompanhar. Todos os meses surgem dezenas de novos celulares, tablets, computadores e outros gadgets. E nem sempre vale a pena investir seu dinheiro no aparelho mais recente que existe, pois em alguns casos eles ainda não o que a maioria das pessoas espera.

Em um artigo criado pela LapTop Magazine, foram listados alguns dos gadgets que se encaixam exatamente nesse grupo: produtos que não devem ser comprados por enquanto. Quer saber quais são eles? Então acompanhe a lista que o Tecmundo selecionou, sempre tomando como base o mercado brasileiro.

1. iPhone 4S

O ciclo dos produtos eletrônicos é muito rápido, mas em alguns casos eles se reiniciam com inovações que não são tão revolucionárias quanto imaginamos. É o caso do iPhone 4S, que não modificou padrões da maneira como os consumidores esperavam e trouxe apenas algumas melhorias mais simples. Se você quer muito um iPhone, espere.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Em alguns meses deve surgir a nova versão do smartphone da Apple, que provavelmente trará mais avanços em relação ao iPhone 4S do que este trouxe para o modelo anterior. Por isso, é recomendado que se espere até que tenhamos certeza do que será colocado no mercado.

2. Tablets com Windows

É fato que o reconhecimento de toque na tela do Windows 7 não é tão bom quanto o prometido pela Microsoft. Por essa razão, os tablets equipados com o sistema operacional não conseguem corresponder aos anseios da grande maioria dos consumidores. Por essa razão, optar por um desses aparelhos pode ser uma escolha muito errada. (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Ainda neste ano, a Microsoft vai colocar o Windows 8 no mercado. A interface Metro é muito mais recomendada para aplicações touchscreen do que a habitual visualização do Windows. Por isso, é muito provável que surjam aparelhos excelentes com o novo sistema operacional. A espera não será em vão.

3. Ultrabooks

Todo mundo quer um notebook ultrafino, leve e que conte com um sistema muito mais ágil de inicialização e reinicialização – os chamados Ultrabooks. Mas esperar mais alguns meses pela chegada da segunda geração desses aparelhos pode ser uma excelente ideia, principalmente quando temos a informação de que os novos Ultrabooks serão produzidos já com a terceira geração dos processadores Intel Core (os Ivy Bridge).

(Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

Com as novas configurações, os Ultrabooks devem ser muito mais rápidos do que os atuais modelos. Além de tudo, a nova geração deve garantir também melhores resoluções de imagem e avanços na qualidade gráfica de aplicativos e jogos.

4. Macbook Pro

Da mesma maneira que recomendamos que você aguarde pela próxima geração dos Ultrabooks com Windows, fazemos o mesmo para os Macbooks Pro da Apple. O principal motivo para isso é a conferência feita para desenvolvedores da empresa, a WWDC 2012, que deve ser marcada por vários anúncios importantes.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Isso deve incluir, segundo especulações, a tela Retina aos computadores, além de trazer também o processador Intel Ivy Bridge e um sistema operacional remodelado (Mac OS X Mountain Lion). Todas são informações que trazem ótimas expectativas para os fãs da Maçã.

5. Tablets Android

A principal razão para esperar um pouco mais até comprar um tablet Android é a resolução. Isso mesmo, algumas fabricantes já anunciaram que vão lançar aparelhos com resoluções maiores no futuro, mas nenhum tablet de alta definição foi lançado no mercado até agora. Por essa razão, é bom esperar um pouco até que eles cheguem efetivamente.

(Fonte da imagem: Divulgação/Motorola)

Especula-se que ASUS e Acer lancem tablets com resoluções de 1920x1200 pixels em breve, mas por enquanto não há qualquer confirmação de datas ou valores que serão cobrados por eles. Mesmo assim, investir nos tablets Android agora pode não ser uma boa ideia.

Fonte: Lap Top Magazine

Cupons de desconto TecMundo: