A Sony tem alguns produtos esquisitos na linha de produção, não é mesmo? E não estamos falando de um smartphone um pouco fora do convencional ou um tablet diferente. Na verdade, trata-se do DPT-RP1, um dispositivo parecido com um tablet e um leitor digital, como o Kindle, com mais de 13 polegadas de e-ink.

Esse produto não é um tablet nem conta com app e funções inteligentes como os dispositivos modernos. Contudo, ele não é puramente um leitor digital também, visto que consegue ler apenas PDF. Por mais estranho que pareça, ele é basicamente um caderno de anotações mais avançado.

Não quer gastar dinheiro com blocos de papel? O DPT-RP1 é mais caro, mas vai evitar o desperdício de folhas e manter todas as suas anotações em um só local. Além disso, trata-se de um dispositivo muito mais leve e fino do que um caderno (a espessura dele é de apenas 30 folhas de papel).

O gadget é uma evolução de um outro produto da Sony, chamado DPT-S1. Com as mesmas 13,3 polegadas de tela, o visor agora tem uma resolução maior (1650x2200) e uma superfície que evita que a pele escorregue. Como você deve imaginar, tudo é touchscreen para que você anote qualquer coisa.

O 'papel digital' só é vendido no Japão por enquanto, mas deve chegar em breve ao Ocidente

Porém, por mais que seja uma ideia interessante, é bem provável que você não substitua o seu caderno por um desses, já que o preço é bem salgado: US$ 720 (R$ 2,2 mil). O produto é voltado para pesquisadores, advogados e executivos que querem um dispositivo capaz de guardar todas as anotações. Certamente, esse não será o gadget que vai aposentar o papel.

Cupons de desconto TecMundo: