(Fonte da imagem: Reprodução/FIFA)

Poucas horas após a FIFA (Federação Internacional de Futebol) iniciar as vendas de ingressos para a Copa do Mundo 2014, mais de 1 milhão de entradas já haviam sido requisitadas por aproximadamente 163 mil pessoas. Até o momento, o maior número de solicitações tem como origem o Brasil, Argentina, Estados Unidos, Chile e Inglaterra.

A maior demanda acontece para os jogos de abertura, no Itaquerão (168 mil pedidos) e a final, que acontecerá no Maracanã (165 mil requisições). Segundo a entidade, nos casos em que a procura é maior do que a capacidade do local em que acontecerá a partida, haverá um sorteio para decidir quem poderá levar um ingresso para casa — algo que deve acontecer até o dia 10 de outubro, quando se encerra a primeira fase de vendas.

Os preços das entradas variam entre R$ 30 e R$ 1.980, dependendo da localização das cadeiras e a fase em que acontecem as partidas. Embora a FIFA tenha afirmado que preparou seus servidores para suportar a carga de acessos, alguns torcedores reportaram que passaram por dificuldades para acessar o site da entidade.

Opções de retirada e datas

Após solicitar um ingresso, o torcedor tem a opção de recebê-lo em casa ou retirá-lo em um dos centros de distribuição preparados pela FIFA. A medida tem como objetivo evitar as confusões vistas durante a Copa das Confederações, evento durante o qual diversas pessoas tiveram dificuldades em retirar entradas nos locais credenciados.

Vale notar que a opção de entrega em domicílio não vale para quem pretende adquirir a meia-entrada, já que os beneficiados por isso terão que apresentar documentos que justifiquem o desconto. A segunda fase de vendas está programada para começar no dia 8 de dezembro deste ano, indo até 30 de janeiro de 2014. Já quem deixar para comprar ingressos de última hora terá que torcer para encontrá-los entre os dias 15 de abril e 13 de julho do ano que vem.

Cupons de desconto TecMundo: