Se você é daqueles que acham que a fotografia em filme morreu, talvez seja a hora de repensar seus conceitos. Enquanto milhares de fotógrafos de todo o mundo relutam em deixar de lado suas velhas câmeras analógicas, o mercado ainda traz novidades nessa área, e com muito sucesso.

Possivelmente, o melhor exemplo disso seja a linha Instax, da Fujifilm. Com grande sucesso no Japão, as câmeras de fotografia instantânea (no estilo Polaroid) ganharam o mundo, e mais uma geração chegou ao Brasil na metade de 2014: a Instax Mini 90 Neo Classic.

Com visual totalmente reformulado e muito bonito, uma série de funcionalidades úteis e bastante qualidade, esta pequena notável torna a fotografia muito mais divertida, criando memórias para você guardar e espalhar por aí em papel, e não no Instagram. Confira na análise do TecMundo todos os prós e contras desta câmera fotográfica à moda antiga.

Evolução da espécie

Há pouco mais de um ano, publicamos aqui no TecMundo uma análise da Instax Mini 7s. A versão 8 chegou ao Brasil pouco depois e enfim temos a 90 Neo Classic — que foi anunciada na metade de 2013.

Em nossa análise, um dos pontos fracos da câmera era o visual nada atraente, que pouco mudou em relação à versão 8s. Já na nova câmera, a evolução é clara e radical. Fora o sobrenome de família, temos equipamentos totalmente diferentes em mãos.

A Instax Mini 90 Neo Classic é muito mais leve, muito mais bonita, com revestimento robusto e emborrachado — que garante mais segurança na hora de manusear o produto — e conta com um estilo retrô que garante um charme inegável.

Além disso, em vez de contar com a alça de mão, como nos modelos anteriores, a 90 Neo Classic tem uma alça maior, que permite a você carregar a câmera pendurada no ombro ou no pescoço, de forma mais segura e confortável.

Outro ponto do design que chamou atenção foi o disparador duplo: temos um botão na frente da câmera para fotos na vertical e outro na parte lateral para fotografar na horizontal. Esse é mais um aspecto que tornou o manuseio da câmera ainda mais preciso e confortável. Mas, é preciso ficar atento aos disparos acidentais, pois eles podem ocorrer.

No entanto, o visor direto da câmera não se mostrou tão bom quanto nos modelos anteriores. Ao pegar a 90 Neo Classic e posicioná-la para a foto, você pode não visualizar corretamente o objeto a ser fotografado, pois o visor, a exemplo do modelo 7s, precisaria estar um pouco mais destacado no design da câmera, ou seja, mais para fora para, assim, se encaixar mais perfeitamente à sua visão. Além disso, ele poderia ser um pouco maior.

Com o tempo, você pode se acostumar a visualizar corretamente na hora de fotografar, e isso não chega a ser um grande problema, mas certamente terá que auxiliar as pessoas na hora de pedir que elas tirem uma foto para você.

Diferença de tamanho entre a Instax Mini 7s, Mini 8 e Mini 90.

Leveza: adeus pilhas

Outra mudança importante em relação às duas irmãs mais velhas é que a 90 Neo Classic abandonou o uso de pilhas AA e isso é um ponto positivo em diferentes aspectos. O primeiro (e mais evidentes deles) é o peso.

Saímos de 320 g da Instax Mini 7s para 296 g na versão mais nova. Essa diferença é significativa, especialmente na hora de carregar sua câmera em passeios e viagens. Outro ponto positivo é que o tamanho da câmera também foi diminuído consideravelmente, fazendo com que ela seja ainda mais prática e portátil.

Por fim, temos uma bateria com carga que dura até 100 disparos (segundo o fabricante), o que é um número bastante elevado. Você tem um carregador à sua disposição, o que significa que não precisa mais gastar comprando pilhas, e o risco de que alguma delas possa danificar sua câmera também diminui. Em suma, ponto para a Fujifilm na mudança.

Flash não é mais item obrigatório

Um dos aspectos mais legais da 90 Neo Classic é a possibilidade de controlar melhor a captura de imagens e não ter mais o flash como uma obrigatoriedade. Ao contrário das versões anteriores, agora você pode desativar o disparo da iluminação artificial quando achar que ela não é necessária.

Isso faz com que as fotos em ambientes abertos e muito iluminados fiquem mais naturais, além de permitir que você possa explorar melhor os modos de múltipla exposição de imagens e bulb. De forma geral, era o principal aspecto que faltava na linha de câmeras Instax.

Diferença de imagem com e sem flash.

Modos diferentes de fotografia para explorar

Se você não só gosta de capturar imagens como também de brincar com fotografia e explorar a luz de diferentes formas, a Instax Mini 90 Neo Classic é perfeita. Ela traz uma série de opções interessantes, que permitem que você tenha um controle maior sobre o que está fotografando, diferente do modo “point-and-shoot” das versões anteriores.

Além de trazer o modo totalmente automático, podemos acessar uma opção para fotografias de festa, de crianças e de paisagens. O modo de dupla exposição captura duas imagens no mesmo frame, permitindo que você crie de forma analógica montagens divertidas que hoje são criadas aos montes em aplicativos para Android e iOS.

A 90 Neo Classic também tem a opção macro, para fotografar objetos menores, e traz o mobo bulb, com captura de imagem de até 10 segundos. Com isso, é possível criar light paitings e deixar a criatividade fluir. A câmera ainda traz um timer de 10 segundos capaz de fotografar duas vezes seguidas e tem suporte para encaixe de tripé.

Todas essas funções podem não ser atraentes para quem não é muito ligado em fotografia, mas certamente são capazes de elevar a experiência com a câmera para outro nível, justificando, assim, o seu alto preço em relação às versões anteriores.

Facilidade para encontrar filmes

A 90 Neo Classic segue utilizando filmes da linha Instax Mini, que são os mesmos das câmeras 7s e 8, da Fujifilm, e da PIC300, da Polaroid. Com a popularidade das câmeras crescendo cada vez mais, você não terá problemas para encontrar pacotes de filme para adquirir.

Eles podem ser comprados por valores que variam de R$ 45 a 50, e vêm com 20 frames em cada caixinha. Lojas de fotografia, sites na internet e a loja virtual da Fujifilm sempre têm pacotes de Instax para vender, garantindo que a brincadeira nunca acabe.

Pesquisando um pouco mais, você ainda encontra modelos coloridos, com desenhos e temáticas variadas. A linha Instax já se tornou uma febra tão grande que algumas lojas de fotografia nacionais e internacionais possuem seções inteiras dedicadas a essas câmeras, com acessórios, capinhas, bolsas e muito mais.

Toda mudança tem seu preço: mais que o dobro

Até o momento, nossa análise foi muito mais positiva do que negativa. Com exceção de um ou outro ponto, a Instax Mini 90 Neo Classic se mostrou uma câmera incrível e muito divertida. Mas enquanto o modelo Mini 8 pode ser encontrado por R$ 329, o valor da 90 Neo Classic é de R$ 799.

Isso acaba fazendo com que a linha perca um de seus pontos mais atraentes, que era justamente a acessibilidade. Os modelos mais antigos, como a 7s e aquelas que ainda levam o nome de Polaroid, saem abaixo dos R$ 300, utilizando o mesmo filme.

Difícil de encontrar

Outro ponto negativo da Instax Mini 90 Neo Classic é que não será fácil encontrar o produto no Brasil. Disponível no catálogo de várias lojas online, inclusive no da Fujifilm, a câmera parece ficar pouco tempo à venda e logo já se esgota. Em todos os sites pesquisados, o produto estava indisponível.

Demorou um ano para que o equipamento chegasse ao Brasil e, quando finalmente chegou, em junho de 2014, foram dois meses de espera no site para finalmente realizar a compra. Esse aspecto, aliado ao preço muito superior, faz com que muitas pessoas acabem optando pelo modelo Mini 8, sempre disponível e com várias cores diferentes para escolher.

Vale a pena?

Você não precisa gostar de fotografia analógica nem ter conhecimento sobre a revelação de filmes instantâneos para se interessar por uma Instax Mini. A brincadeira é muito divertida e ver a imagem se formar em suas mãos é algo verdadeiramente incrível. Em um mundo ultradigitalizado, ter fotos impressas em poucos segundos é quase mágico.

No entanto, existem algumas perguntas que você deve se fazer antes de investir em uma Instax Mini 90 Neo Classic. A primeira e mais importante delas é: será que eu preciso de todos esses recursos? Os diferentes modos de fotografar, o visor LCD, o controle de flash e o uso de bateria fizeram com que o preço se elevasse muito em relação às suas antecessoras.

Que a diversão é garantida, não há dúvidas. Que o produto é de qualidade, também não. Mas, uma Instax Mini 8 pode ser tão interessante quanto por menos da metade do preço, e isso precisa ser levado em consideração.

No entanto, se você se encantou pelo visual retrô da câmera e, principalmente, se você é apaixonado por fotografia e possui conhecimentos um pouco mais avançados sobre a técnica, a 90 Neo Classic é um grande investimento, já que permite que você tenha mais controle sobre a captura de imagens, conseguindo resultados ainda melhores para as suas lembranças.

Cupons de desconto TecMundo: