A Instax Mini 7S, da Fujifilm, não é exatamente um lançamento. Ela chegou ao mercado em 2010, mas só agora está se tornando realmente popular no Brasil. A Fujifilm segue investindo na linha de câmeras instantâneas, e o lançamento da versão Mini 8S já aconteceu em janeiro de 2013 — mas ainda sem venda por aqui.

A primeira impressão é de que se trata de uma câmera antiga, mas, na verdade, a Instax Mini 7S pode ser encontrada facilmente em lojas nacionais pelo preço médio de R$ 300, com pacotes de filme de 20 frames pela média de R$ 45.

Mais do que um equipamento de qualidade, esta câmera proporciona diversão e nostalgia, com a possibilidade de ver sua foto sendo revelada em suas mãos, com poucos minutos de espera.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Quem se lembrou da Polaroid não vai se surpreender ao saber que essa mesma câmera é vendida em algumas partes do mundo (em especial, no Estados Unidos) com esta marca. Isso porque as duas fabricantes entraram em um acordo sobre a patente do produto. Além disso, a Polaroid encerrou a produção de filmes instantâneos, o que agora fica a cargo do Fuji.

Se você era fã da Polaroid, se gosta de fotografia analógica ou se quer apenas se divertir, este equipamento é altamente indicado. Veja o porquê nesta análise do Tecmundo!

APROVADO

Diversão e nostalgia

Sem dúvidas, a diversão é o que marca esta câmera. Por onde ela passa desperta olhares curiosos. Os mais novos querem saber como ela funciona, qual é a “mágica” que faz com que a foto seja “impressa” na hora. Já os mais velhos ficam boquiabertos ao saber que este equipamento é atual, produzido no dias de hoje e com grande facilidade de encontrar filmes para comprar.

O registro pode ser simples, com uma fotografia pequena (do tamanho aproximado de um cartão de crédito) e com poucas possibilidades de alteração do modo de fotografar, mas tem seu charme.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Tirar fotos com seus amigos para enfeitar sua casa, registrar momentos no papel fotográfico e presentear pessoas com essas pequenas lembranças é algo verdadeiramente interessante — o grande atrativo da câmera da Fujifilm.

Qualidade de imagem

Não espere imagens profissionais nem possibilidade de alterar foco, profundidade de campo e flash. A ideia por trás da Instax Mini 7S é a simplicidade, e mesmo quem não entende nada de fotografia pode brincar com ela sem problemas.

A lente 60 mm com velocidade de 1/60 segundos é combinada com quatro modos de exposição diferentes, que podem ser alterados sem complicação. Você tem uma opção para ambientes fechados, dias nublados ou com sombra, tempo bom e dia claro, com sol forte.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

O resultado é uma imagem com cores bonitas e boa definição de imagem. O flash ajuda bastante, com alcance de até 2,7 metros. Tanto retratos quanto fotografia de grupos de pessoas têm bons resultados— seja em ambiente claro ou escuro.

Enquadramento eficiente

O primeiro aspecto que pode ser questionado ao olhar a câmera é o erro de paralaxe que ela apresenta — quando o visor não é direto e não é possível visualizar exatamente o que a lente da câmera vai capturar.

À primeira vista, este erro na Instax Mini 7S parece ser grosseiro, já que o visor está muito acima e à esquerda da lente. No entanto, ele foi construído de tal forma que pode ser totalmente confiável. Não é possível ter enquadramentos perfeitos, mas você pode sim confiar no visor que a câmera oferece, sem medo de cortar elementos e pessoas de suas fotos.

Rapidez no carregamento do flash

O flash vai disparar em todas as fotos, sem exceção. Mesmo no modo “Dia Claro”, ele será disparado. Por esse motivo, o rápido carregamento que ele apresentou em nossos testes é um ponto positivo, permitindo que você ligue a câmera rapidamente e capture imagens em sequência sem precisar esperar muito pelo recarregamento.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Valor acessível

Muitos se impressionam com o baixo valor da Instax Mini 7S. O produto tem preço médio de R$ 300 e pode ser encontrado em lojas nacionais físicas e virtuais sem problemas. Temos aqui uma câmera de qualidade, muito divertida e que custa muito menos do que câmeras digitais compactas disponíveis no mercado.

É claro que seu estilo de uso é completamente diferente e ela pode ser considerada “menos útil”. Mesmo assim, seu valor pode fazer com que muitas pessoas repensem a compra antes de rejeitá-la por completo.

Além disso, encontrar filmes para comprar não é tarefa difícil atualmente, e o valor de R$ 45 por um pacote com 20 fotografias não é exatamente barato, mas está longe de ser caro. Em suma, a Instax Mini 7S é uma câmera totalmente acessível.

Descomplicada!

A facilidade de uso é uma das principais características dessa câmera. Basta puxar a lente para que o flash seja carregado e selecionar o modo de exposição. A colocação do filme também é muito simples.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Por esse motivo, não é preciso ter conhecimento avançado em fotografia e nem mesmo contato com fotografia analógica para saber operar a Instax Mini 7S. Ela ainda oferece um manual simplificado e fácil de entender, disponível em português. Você vai conseguir imagens divertidas sem preocupação.

REPROVADO

Design: cores e tamanho

Como já dissemos, a Fujifilm já lançou a Instax 8S com cores variadas. Por ora, temos acesso apenas à versão 7S nas cores branco e rosa. O problema é que esta é a cor de apenas alguns detalhes no design, como a lente e o botão de disparo. De resto, a Instax Mini 7S apresenta uma cor creme.

O primeiro aspecto negativo é que essa escolha é duvidosa, já que a cor não é muito atraente. O segundo é que mesmo uma câmera nova parece estar amarelada com o tempo. Além disso, ao optar por uma câmera branca você acaba evidenciando este tom amarelado, já que ele contrasta com os detalhes brancos de verdade. A 8S já vem inteiramente em uma cor, incluindo a opção preta. Este foi um acerto da Fujifilm.

Diferença de cor. (Fonte da imagem: Tecmundo)

O tamanho da câmera foi criticado em diversas resenhas do produto ao redor do mundo. No entanto, é difícil ter um equipamento que carregue dez frames de papel fotográfico e quatro pilhas AA sem ter um tamanho e peso avantajados.

Flash: não há como fugir

É preciso atentar para o detalhe de que os filmes para a Instax Mini 7S possuem ISSO 800. Isso faz com que a captura de imagem em boa iluminação seja eficiente. Mesmo assim, a câmera sempre vai disparar o flash.

Esse aspecto pode ser bastante inconveniente em diferentes momentos. Imagine estar em um ambiente que não permite a captura de imagens com flash ou em um dia muito ensolarado, em que a iluminação artificial se faz totalmente desnecessária.

Em algumas situações (mais especificamente em retratos, com maior proximidade da câmera), isso pode ocasionar uma imagem estourada, com perda de detalhes especialmente nas cores mais claras — que refletem mais a luz. Mas, infelizmente, a Instax Mini 7S não permite que você desative o flash, mesmo quando não há necessidade de utilização.

VALE A PENA?

Responder se a Instax Mini 7S vale a pena ou não pode ser algo relativo, já que depende muito do uso que você quer para uma câmera fotográfica. No entanto, o objetivo aqui é muito claro: a diversão.

Essa câmera deve ser observada como uma forma de brincar com a fotografia, e nesse quesito ela foi totalmente aprovada. Ao colocar em uma balança seu custo, o valor dos filmes e o resultado final de cada foto, comprar uma Instax Mini 7S vale sim a pena — e muito.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Você vai ter lembranças de uma forma diferenciada, que diferem dos arquivos digitais dos dias atuais. Além disso, vai contar com a divertida possibilidade de ver a foto se formando em sua frente.

Temos aqui um produto nostálgico, que revive as superpopulares câmeras Polaroid com muito sucesso. Ponto para a Fujifilm, que não desistiu do projeto!

Cupons de desconto TecMundo: