Em 2011, a Foxconn anunciou que começaria a desenvolver e testar robôs em suas linhas de montagem. Isso garantiria um aumento de produção com a mesma quantidade de tempo e diminuiria o número de funcionários. Apesar disso, parece que os planos da companhia não estão dando muito certo. De acordo com o G4Games, a primeira leva de robôs montadores de iPhones não passou nos testes de qualidade.

Isso quer dizer que os humanos ainda são melhores na “arte de montar iPhones” que os robôs. Para construir os gadgets da Apple, é necessário ter precisão de 0,02 mm, e as máquinas da empresa não conseguiram quebrar a marca dos 0,05 mm. Ou seja, os funcionários da Foxconn não têm com o que se preocupar por enquanto.

Nova geração de robôs

Mesmo com esse revés, a companhia não deve desistir desse plano e já está trabalhando na próxima geração desses robôs. Ao que parece, essa primeira leva era apenas um teste grosseiro, já que os robôs eram todos adaptações dos utilizados na indústria automobilística. Portanto, eram grandes, pesados e imprecisos.

Não há informações sobre quando a Foxconn passará a testar sua segunda geração de robôs montadores de iPhones, mas nós podemos imaginar que mais cedo ou mais tarde eles vão conseguir a precisão necessária, e milhares de funcionários chineses terão que achar outra coisa para fazer.

Cupons de desconto TecMundo: