(Fonte da imagem: Divulgação/Foxconn)

Uma alteração de regras do governo brasileiro fez com que uma das fábricas da Foxconn no Brasil fechasse as portas definitivamente. O local, que fica na Zona Franca de Manaus, era o principal responsável por produzir várias peças de plástico para celulares de marcas como Nokia.

A tal mudança, feita em junho deste ano, libera a importação de peças para a produção de produtos nacionais – ou seja, não é mais necessário que fabricantes usem certa quantia de produtos de solo brasileiro. Essa porcentagem é chamada de PPB (Processo Produtivo Básico) e, quando respeitada, garante benefícios fiscais (para tablets, por exemplo, a taxa de componentes é de 20%).

Por conta do fim dessa obrigatoriedade, a Foxconn alega que a Nokia teria trocado a fábrica instalada no Brasil por rivais de China e Índia, fazendo com que a sede de Manaus entrasse em crise e fechasse.

Cerca de quatro mil empregados já teriam sido demitidos por conta dessa mudança, 900 deles da instalação da Foxconn Zona Franca de Manaus. Procurada, a Nokia informou que o fechamento da fábrica não afeta a produção de celulares.

Cupons de desconto TecMundo: