(Fonte da imagem: Divulgação/Ford)

A Ford está estudando a comunicação entre robôs espaciais e a Terra para desenvolver uma futura rede de comunicação entre veículos. A pesquisa faz parte do compromisso da empresa de reduzir os congestionamentos e criar novas soluções de mobilidade.

Como parte desse trabalho, a Ford firmou uma parceria de três anos com o departamento de telemática da Universidade Politécnica de Saint Petersburg, na Rússia, que trabalha em associação com a indústria espacial. O objetivo é pesquisar os sistemas de comunicação robótica no espaço para aplicação em redes de veículos.

A conexão entre os carros pode evitar acidentes de trânsito e reduzir os congestionamentos, permitindo que eles se comuniquem uns com os outros e também com os prédios, semáforos, sistemas de armazenamento em nuvem e outras tecnologias capazes de enviar e receber alertas.

"A Ford está comprometida com a pesquisa e desenvolvimento da comunicação entre veículos há mais de uma década", diz Paul Mascarenas, vice-presidente de Pesquisa e Inovação da Ford. "Essa pesquisa pode ajudar a desenvolver a próxima geração de tecnologias de assistência ao motorista da Ford, que vai beneficiar os motoristas e o meio ambiente em todo o mundo", completa.

Mensagens de emergência

Um dos focos do projeto é o desenvolvimento de sistemas de comunicação de emergência para os veículos. A Ford está estudando como as mensagens de emergência devem ser enviadas para garantir sua entrega mesmo que ocorram falhas na rede, usando sistemas redundantes.

Por exemplo, se um veículo tiver sua comunicação com a nuvem (V2C ou vehicle to cloud) interrompida, ele ainda será capaz de acessar a rede de comunicação veículo a veículo (V2V). Um sinal de emergência poderia ser enviado a um veículo próximo para então chegar até ele.

Cupons de desconto TecMundo: