A Ford aumentou a tecnologia disponível em seus veículos para o segmento policial. Os modelos da série Ford Police Interceptor incorporam agora um "modo de vigilância", sistema patenteado que combina equipamentos de assistência como câmera traseira, sistema de alerta de tráfego cruzado e sensor de ré, especialmente desenvolvido para uso em situações policiais.

Segundo pesquisa com os usuários de viaturas, uma das maiores preocupações é a necessidade de alertar os policiais da aproximação de potenciais ameaças pela traseira do veículo. Isto porque o agente policial normalmente tem de desempenhar várias tarefas dentro do carro, como escrever relatórios, monitorar o computador de bordo ou radar.

O "modo de vigilância" é um olho extra para a sua proteção, especialmente à noite e com visibilidade baixa. Quando ele está no veículo estacionado e ativa o sistema, a câmera traseira e os sensores de pontos cegos e obstáculos monitoram continuamente a área traseira. Se alguém se aproxima, o sistema fecha os vidros, trava as portas e dispara um alarme na cabine.

A ideia é uma criação de Randy Freiburger, supervisor de engenharia da Ford. Ele passou várias horas rodando com policiais e viu os perigos que eles enfrentam na rotina de patrulhamento e investigação. "Posso dizer por experiência própria que a segurança dos policiais à noite é um problema crítico", diz Freiburger. O novo equipamento faz parte da proposta do Ford Police Interceptor de colocar a proteção e segurança como prioridade máxima, em suas versões sedã e utilitário.

Cupons de desconto TecMundo: