Nós, que vivemos aqui no Brasil, não temos acesso a vários modelos bacanas da Ford que são vendidos lá fora. Não é a primeira vez que venho chorar aqui sobre a ausência do Focus RS, mas existe outro modelo que habita meus sonhos mais sujos... De lama, no caso: é a F-150 Raptor da montadora norte-americana.

A picape bestial, que já foi considerada o veículo de produção (e permitido nas ruas) mais rápido em terrenos irregulares, vem com um motor 3.5 V6 EcoBoost biturbo que gera 450 cavalos de potência e produz obscenos 70,5 kgfm de torque. Se você não manja muito, a tradução de tudo isso é que ela é, basicamente, um esportivo no corpo de uma picape gigantesca.

Eis que uns texanos malucos de uma preparadora chamada Hennessey resolvem provar que absurdo é só uma questão de ponto de vista: eles pegaram uma F-150 Raptor 2017 e criaram a sua VelociRaptor. Junto com o novo nome, mais 150 cavalos de potência e mais um eixo traseiro:

Cada um dos eixos traseiros tem um diferencial e isso significa que a tração é 6x6, indo para todas as rodas de 20 polegadas envolvidas em pneus para todo terreno. Para fechar o pacote aventureiro, a monstruosa picape vem com um reforço estrutural e barras no para-choque dianteiro e no traseiro, além da iluminação de LED no teto.

Para ajudar nas andanças sobre terrenos acidentados por aí, cada um dos eixos traseiros conta com um diferencial blocante, além da suspensão que foi melhorada.

A transmissão continua sendo a de 10 marchas e é ela que ajuda a empurrar todos os 600 cavalos de potência. A própria Hennessey chama a picape e “pura agressividade sobre rodas”, e dá pra entender o motivo.

A VelociRaptor tem uma intenção bem clara: a de suprir o espaço deixado pela Mercedes-Benz G63 6x6, que também parece um tanque de guerra com bancos de couro e que tem uma aptidão para o offroad tão grande quanto a F-150, só que custando bem mais caro: enquanto a G63 sai, em média, por US$ 500 mil (ou R$ 1,6 milhão), a VelociRaptor será vendida por um algo em torno de US$ 315 mil (R$ 1 milhão) em sua versão 600 no fim do ano.

É claro que nem a versão normal e muito menos a versão preparada vem para o Brasil. Uma pena (mas eu ainda aceito o Focus RS, Ford).

Sério, não tem como ficar mais americano que isso – e vocês já podem começar com as piadinhas de “essa seria perfeita para os buracos aqui no Brasil” aí nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: