Embora álcool e direção não combinem nem um pouco na vida cotidiana, a Ford anunciou nesta quarta-feira (20) uma parceria inusitada com a Jose Cuervo. A intenção da montadora é usar propriedades da planta agave usada na produção da tequila para criar um novo material bioplástico sustentável que pode ser incorporado futuramente a veículos.

A decisão beneficia tanto a montadora quanto a Jose Cuervo, que atualmente não tem destino para toda a fibra de agave que surge como subproduto de seu processo de fabricação. Atualmente, pesquisadores se dedicam a realizar testes para detectar se o material tem a resistência ao calor necessária para ser usada em peças localizadas na parte interior e exterior de um carro.

A fibra de agave pode ajudar a diminuir o impacto ambiental da produção de carros

Caso a parceria gere frutos, o agave deve ser usado inicialmente em espaços para o armazenamento de itens e no sistema de cabeamento. A Ford afirma que o sucesso da empreitada pode resultar na construção de carros mais leves, o que deve ajudar na redução do consumo de combustível.

O uso do material também deve resultar em uma redução no uso de materiais petroquímicos durante a fabricação de carros, diminuindo o impacto ambiental do processo. Atualmente, uma parcela da fibra de agave resultante do processo de fabricação da tequila Jose Cuervo é usada por artesões para fabricar papel e produtos artesanais.

Cupons de desconto TecMundo: