Os Apple Earpods são fones de ouvido que suprem bem as necessidades do usuário: além de virem na caixa de novos iPhones, o preço dos dispositivos vendidos separadamente são bem baratos nos EUA, cerca de US$ 29. Bem, por aqui a figura muda: estamos falando de R$ 250. Acontece que os audiófilos costumam não ir muito com a cara de fones acompanhantes, buscando alternativas mais parrudas no mercado; e o Pioneer Rayz pode ser a opção que fecha uma lacuna.

Com conector Lightning de fábrica —  ou seja, nada de gambiarra —, o fone de ouvido da Pioneer chega em duas versões com preços diferentes: US$ 99 e US$ 145 para o Rayz Plus (R$ 300 e R$ 446, em conversão direta) — basicamente, a diferença entre versões é que o Plus permite que você recarregue o iPhone enquanto escuta música no headpone.

Tanto o Rayz quanto o Rayz Plus contam com processador de áudio digital e amplificador

Os modelos Pioneer Rayz possuem MFi Lightning Audio Module, seis microfones focados em diminuição de ruído e ajuste de barulho ambiente, controles para a Siri e abertura rápida de aplicativos favoritos, auto-pause, botões programáveis, HearThru, comandos de voz, equalizador, Smart Mute, modo Eco e um aplicativo acompanhante para ser baixado no smartphone.

Tanto o Rayz quanto o Rayz Plus contam com processador de áudio digital e amplificador, além de processar o áudio em 24-bit 48 kHz.

A versão mais barata, de US$ 99, pode ser adquirida nas cores Onyx e Ice. Enquanto isso, a versão Plus, de US$ 149, está disponível nas cores Bronze e Graphite. Para mais informações e detalhes de compra, você pode acessar o site oficial da Pioneer.

Cupons de desconto TecMundo: