Um grupo formado por entre 15 e 20 pessoas invadiu e vandalizou um escritório do Facebook na Alemanha no último final de semana. De acordo com as informações publicadas pela agência Reuters, os invasores quebraram vidros e picharam as paredes do prédio – em uma fotografia do incidente que circula pelo Twitter, é possível ler “Facebook dislike” escrito com tinta vermelha.

Um porta-voz da rede social afirmou que ninguém foi ferido durante o ataque, mas não pôde comentar sobre alguma possível motivação para o crime. Acredita-se, porém, que ele tenha alguma relação com a pressão que a diretoria europeia do Facebook tem sofrido a respeito de sua aparente incapacidade de remover discursos de ódio publicados na plataforma.

Uma investigação a respeito do assunto está aberta desde o mês passado, quando políticos alemães perceberam um aumento de comentários xenofóbicos no Facebook e em outras redes sociais. Vale lembrar que o país se esforça para receber um grande fluxo de refugiados. Martin Ott, executivo responsável por comandar o Facebook em quase todo o território europeu, é o principal nome na mira das autoridades locais.

Embora também se recuse a comentar sobre a investigação, a companhia firmou recentemente uma parceria com um grupo de voluntários batizado como FSM, que monitora serviços online em busca de conteúdos agressivos.

Escritório do Facebook na Alemanha é vandalizado; o que você acha que motivou o crime? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: