De acordo com Mark Zuckerberg, o CEO do Facebook, a rede social vai começar a dividir uma fatia dos lucros de publicidade com os criadores de conteúdo. A notícia era muito esperada por produtores: graças a eles e algumas mudanças feitas pela equipe de desenvolvimento da companhia, os vídeos no Facebook estão atingindo 8 bilhões de visualizações diárias.

Em declaração para a Wired, Zuckerberg comentou o seguinte: "Ao longo dos próximos anos, os vídeos vão ser o conteúdo mais envolvente na internet. Para manter a nossa inovação, temos que construir uma plataforma melhor para assistir e compartilhar esses vídeos".

Como novidade, o CEO afirmou que a equipe de desenvolvimento do Facebook está testando uma área exclusiva para vídeos na rede social. Porém, mais informações — como design, modo de uso e acesso — não foram reveladas.

"Existe um certo tipo de conteúdo que só vai chegar ao Facebook se houver uma maneira interessante de compensar os criadores de conteúdo por isso", adicionou Zuckerberg. "Recentemente, lançamos um modelo de negócios para isso. Então, daremos uma fatia da receita sobre uma quantidade de visualizações aos produtores de vídeo".

Ontem, a rede social anunciou a chegada de um player dedicado para reproduzir músicas do Spotify e do Apple Music. Para saber mais sobre isso, clique aqui.

Você acha que o Facebook vai matar o YouTube? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: