Segundo um levantamento de dados de usuários do Facebook, mais pessoas estão assumindo sua homossexualidade na rede social em 2015 do que em 2014. Desde que esses dados passaram a ser processados, foi identificado inclusive um grande pico de 250% de aumento em um único dia, 26 de junho deste ano, quando a suprema corte americana aprovou o casamento entre pessoas do mesmo sexo nos EUA.

Essas informações foram colhidas apenas entre usuários norte-americanos e, infelizmente, não há dados sobre outras regiões do mundo por enquanto. De qualquer maneira, o Facebook comenta que já são 6 milhões de pessoas naquele país que fizeram esse anúncio publicamente, marcando em seu perfil interesse ou relacionamento com alguém do mesmo sexo.

Em fevereiro do ano passado, o Facebook introduziu a possibilidade de personalizar o gênero dos usuários, deixando a dualidade do “masculino e feminino” de lado. Essa nova função também foi usada para identificar pessoas que assumiram publicamente sua homossexualidade no site.

Além do pico de 250% em junho, os números de pessoas assumidamente gays na rede social tem crescido progressivamente. Em setembro, a taxa diária já estava a mais de 200% do que foi registrada na primeira coleta de dados, em outubro do ano passado.

O Facebook tem uma tradição de apoio à diversidade, mas representantes de grupos transsexuais já criticaram o site pelas dificuldades de se alterar o “nome real”, o que normalmente é uma parte sensível depois ou durante a mudança de sexo.

Cupons de desconto TecMundo: