Quando você lê comentários no estilo "Fora, Fulano!" sobre algum político no Facebook, mesmo que não conheça o autor ou o alvo da postagem, essa opinião tem uma influência negativa na sua imagem do parlamentar em questão. O contrário também vale: acompanhar elogios a um deputado faz com que o leitor crie uma imagem positiva sobre o sujeito em questão.

Essa é a principal conclusão de um novo estudo da Universidade de Delaware, nos Estados Unidos, sobre a relação entre redes sociais e política. Segundo a pesquisa, comentários positivos visualizados em sites como o Facebook fazem com que você automaticamente seja influenciado e passe a gostar ou detestar mais um congressista, por exemplo.

Para a pesquisa, os cientistas criaram uma página falsa no Facebook para um candidato que não existe. Em seguida, pediu a dois grupos que visualizassem o endereço e respondessem a um questionário.

Enquanto um grupo viu só comentários positivos, a outro foram mostradas postagens desafiadoras e com questionamentos. O resultado? Quem viu comentários positivos e muitas "curtidas" teve uma percepção melhor do candidato e até uma pretensão em votar nele. O contrário também foi detectado. Outra conclusão não esperada é que o fato de o candidato responder ou não aos eleitores (nas postagens positivas ou desafiadoras) foi tido como irrelevante.

A conclusão é de que as pessoas costumam confiar mais nas opiniões de seus pares (ou seja, outros cidadãos e eleitores) do que na de um político em campanha, por exemplo.

Cupons de desconto TecMundo: