Há muito acontecendo em sua volta no Facebook, não é mesmo? Todos os dias, milhões de pessoas aproveitam a rede social para compartilharem uma grande quantidade de itens engraçados, polêmicos, tristes e que despertam tantas outras emoções. Mas será que tudo o que fazemos lá naquela rede social está sendo feito da maneira correta? Infelizmente não.

Muito do que acontece no Facebook acaba gerando ansiedade e problemas para os usuários. E a culpa não é da rede social, mas de nós mesmos. Infelizmente, uma grande quantidade dos nossos passos na rede social acaba sendo um reflexo da ansiedade elevada que nos envolve. Mas é claro que existem muitas formas de fazer com que esse tipo de sentimento fique de lado.

Hoje, trouxemos quatro dicas bem legais de coisas que você deve parar de fazer agora mesmo. Todas elas serão difíceis no começo, mas podem fazer com que seus níveis de ansiedade sejam reduzidos gradativamente. Ficou curioso? Então confira tudo o que trouxemos para você agora mesmo!

1. Ficar obcecado com suas postagens

Uma grande quantidade de pessoas acaba medindo o próprio sucesso com base no quanto os outros interagem com as postagens realizadas na rede social. Se esse é o seu caso, é bem provável que você fique muito ansioso à espera de “likes”, comentários e compartilhamentos de suas fotos, textos ou vídeos. E essa ansiedade pode acabar refletindo em obsessão dentro do Facebook.

Não curta suas próprias postagens e nem fique apertando "F5" sem parar

Por isso, uma boa dica para quem não consegue desligar das postagens é a de sair do próprio Facebook. Não deixe a página do seu post aberto e nem fique atualizando o link incessantemente, pois isso poderá fazer com que você fique ainda mais angustiado. Relaxe e se desligue um pouco da necessidade de interação virtual.

2. Adicionar todo mundo

Por padrão, pessoas que querem ter muitos likes a qualquer custo acabam chegando a uma consequência complicada, que reflete em dois tipos de ação: adicionar todo mundo que aparece no caminho e aceitar todos os pedidos de amizade que forem enviados. É claro que não existe um problema em querer ter mais amigos, mas é importante ter controle sobre quem tem acesso às informações publicadas.

Afinal de contas, por mais que você queira ter mais pessoas acessando seus conteúdos, dificilmente você vai querer que desconhecidos possam ver fotos da sua família ou saibam de alguns dados mais sigilosos.

3. Ficar chateado se for excluído por alguém

Se alguém excluiu você do Facebook — ou deixou de seguir o seu perfil —, isso não significa que você precisa parar de falar com esta pessoa para todo o sempre. Talvez apenas as suas postagens não sejam do interesse dela, mas não há comprovações de que ela queira se tornar sua inimiga mortal. Dê menos importância para isso e certamente você conseguirá viver mais tranquilamente.

4. Stalkear

Pode ser a ex-namorada, um antigo amigo ou um colega de trabalho... Se você passa muito tempo vendo o que uma pessoa faz, você precisa cuidar para não se tornar um verdadeiro “Stalker”. É bom parar com isso enquanto há tempo, pois essa perseguição pode trazer consequências bem complicadas — como ansiedade exagerada, comparações e perda de autoestima.

Também é preciso falar sobre possíveis sentimentos de frustração e culpa que podem ocorrer, principalmente quando você acaba curtindo a foto de alguém que não queria. Tudo isso pode ser evitado com uma prática bem simples: abandonar o hábito de stalkear pessoas. Pode ser difícil no começo, mas você certamente vai conseguir.

.....

Essas são as dicas que trouxemos para que você possa se livrar da ansiedade enquanto navega no Facebook. É claro que não são obrigações para todos os usuários, mas recomendações que podem ajudar na hora de se manter mais tranquilo na rede social.

Você se considera ansioso no Facebook? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: