Todo mundo gosta de GIFs. Eles são normalmente divertidos e não requerem tanto empenho para carregar em páginas da web quanto vídeos de verdade. Por conta disso, há anos usuários têm pedido ao Facebook para que a rede social passe a suportar esse tipo de animação nativamente. Agora, parece que essas “preces” foram finalmente atendidas, mas será que isso é realmente algo bom?

Claro que aqueles GIFs mostrando pessoas caindo de cara no chão e similares serão muito bem-vindos, mas você se lembra do que aconteceu no Orkut quando os GIFs foram liberados? Uma enxurrada de recados animados cheios de coisas brilhosas e piscantes sem nenhum apelo humorístico ou interessante apareceram na rede social. Foi o começo do fim.

A expectativa é que de os usuários usem a funcionalidade com parcimônia para que esse tipo de coisa não aconteça novamente. O próprio Facebook também está tomando algumas precauções. Por exemplo, não é possível enviar um GIF diretamente para a rede social. Você tem que copiar e postar um link de um GIF hospedado em outro site qualquer, como o Tumblr ou GIPHY.

Pelo que parece, a novidade pode não estar liberada para todos os usuários no momento, mas você já pode conferir algumas postagens interessantes feitas em GIFs nesta página. De qualquer maneira, não deixe de procurar um GIF por aí e tente compartilhar na sua linha do tempo para ver o que acontece. Para tudo isso funcionar, você precisa ter o plugin do Flash Player ativo no navegador.

Se você quiser criar seus próprios GIFs a partir de vídeos do YouTube, é possível apenas digir "gif" na frente de "youtube" na URL do vídeo. Mais ou menos assim: www.gifyoutube.com/watch...

Há também a ferramenta nativa da plataforma de vídeos. Confira.

Cupons de desconto TecMundo: