Trabalhar no Facebook pode ser um emprego dos sonhos. A 38º companhia mais admirada do mundo (segundo a Forbes) é uma empresa jovem, que nasceu na internet, é uma rede social e tem até um filme sobre sua história.  Tudo muito bom, certo?

Não exatamente. Pelo menos é o que indicam alguns relatos do Quora, onde engenheiros, desenvolvedores e fontes anônimas que trabalham no Facebook – ou que trabalharam lá –fazem reclamações sobre algumas das coisas que acontecem por lá e que eles julgam erradas.

É claro que essas podem ser situações bem particulares e isoladas, além de não representar a visão da maioria, visto que o Facebook é uma empresa grande, que emprega mais de 8 mil funcionários ao redor do mundo. Mesmo assim, como em qualquer lugar do mundo, sempre existem pontos negativos. Confira agora 10 reclamações de funcionários sobre como é trabalhar na empresa.

1.  Plantão de 24 horas por dia durante seis semanas no ano

Keith Adams, engenheiro do Facebook, relata que durante seis semanas no ano, ele precisa ficar completamente disponível para a empresa durante as 24 horas do dia. Isso significa que ele deve atender e responder imediatamente qualquer chamado e não pode sair da cidade.

2. Os muros não existem no Facebook

A cultura do Facebook encoraja os funcionários a serem eles mesmos, mas isso derruba os muros entre a vida pessoal e a vida profissional.  De acordo com um funcionário, que preferiu permanecer no anonimato, isso reduz o profissionalismo dentro da empresa.

3. A maioria dos gerentes não tem como objetivo criar uma equipe

O mantra do Facebook “Make an impact” (cause um impacto, em português), incentiva os funcionários da empresa a focarem em seus próprios sucessos, e não no sucesso de um time como um todo. Isso leva aos gerentes e coordenadores a pensarem mais em si do que em suas equipes.

4. Não há uma infraestrutura funcional

Alguns funcionários relatam que o Facebook cresceu rápido demais e, por isso, a empresa não teria suporte para os seus funcionários. “Fazer coisas legais com uma equipe de 4 mil pessoas é muito mais difícil que uma de 500”, afirmam.

5. Pessoas reclamam sobre o Facebook porque você trabalha lá

A esposa de um dos funcionários do Facebook relatou que seu marido recebe um monte de reclamações e pedidos de ajuda de amigos e familiares porque ele é um dos empregados da empresa.

6.Uma empresa enorme que vive como se fosse uma pequena

Um ex-empregado disse que, embora o Facebook seja uma grande empresa, eles tentam agir como se ainda fossem uma start-up. “Isso é como um filme do Adam Sandler: ele é velho, mas quer atuar como um adolescente” disse.

7.  A completa falta de foco do time

No último dia de estágio de um ex-funcionário, a equipe decidiu que não valia a pena reescrever um projeto, depois que ele passou todo o seu tempo na companhia reformulando-o e codificando-o.

8. Tom de voz menosprezante

De acordo com um ex-funcionário, seus colegas não eram nada agradáveis na companhia. "O tom de voz que as pessoas utilizavam era de menosprezo e hipocrisia”, disse o ex-empregado do Facebook.

9. Fazer tarefas impróprias

Um ex-funcionário anônimo do Facebook confessou: "A equipe me tratou como lixo e me pediram para fazer tarefas realmente inadequadas (ou seja, separar toda a roupa suja do diretor, incluindo cuecas sujas, das de sua esposa)”.

10. As instruções não são claras

“As instruções não estavam claras, tudo era um jogo de adivinhação, e eu estava imediatamente programado para falhar”, disse Joshua Smith no Quora. Depois de ser colocado em um plano de desempenho rigoroso de 10 dias, sua ex-equipe não deu a ele qualquer espécie de feedback. "Naquele momento, eu parei na hora”, completou.

*****

E você? O que achou das reclamações dos funcionários e ex-funcionários? São justas? Não se esqueça de deixar seu comentário.

Cupons de desconto TecMundo: