A quantidade de pessoas que acessa o Facebook no Brasil é enorme, cerca de 60 milhões, e pelo menos metade disso assiste a vídeos na rede social, isto é, 30 milhões de usuários. O panteão do Facebook tem conduzido sutis modificações a um vídeo que esteja em sua página – o formato fica sempre um pouco diferente do original.

O TecMundo tentou entrar em contato com a equipe responsável e, na obtenção de resposta sobre esses números, atualizaremos a notícia. De acordo com a consultoria de análise comScore, os números são acachapantes: são 12,3 bilhões de vídeos vistos só nos EUA. Houve um aumento de 50% na visualização de vídeos em dimensão global. O número é exorbitante: cerca de 1 bilhão de pessoas fazem isso diariamente.

Sobre a mudança de procedimento da rede social, a política não chega a ser alterada, mas alguns fatores mudam drasticamente. Vídeos de serviços cujos links forem postados no Facebook, por exemplo, terão a sua execução direcionada ao site original. Mas se vídeos do YouTube forem vistos no aplicativo do Facebook e o usuário não possuir o app do serviço de vídeos da Google, por outro lado, esses vídeos serão exibidos dentro da rede social, isso, é claro, num contexto mobile, em que a maioria dos usuários hoje acessa a rede social.

Cupons de desconto TecMundo: