O Facebook divulgou nesta quinta-feira (24) o relatório financeiro do segundo trimestre de 2014. O documento apresenta ganhos, números de acesso e outros dados curioso — e, em resumo, traz só boas notícias para Mark Zuckerberg.

Os rendimentos da rede social bateram o recorde pessoal no período que terminou em 30 de junho, chegando a US$ 2,91 bilhões e ganhos de US$ 0,42 por ação. A imensa maioria desse dinheiro sai de publicidade, enquanto o resto resulta de pagamentos e outras taxas.

Os lucros registrados no período foram de US$ 791 milhões — um aumento de 23% em relação ao início do ano. Já os gastos operacionais totalizaram US$ 1,52 bilhões. Vale lembrar que, fora isso, o Facebook ainda desembolsou uma quantia considerável para adquirir a Oculus VR, cujo negócio foi fechado apenas em julho.

É muita gente!

O Facebook divulgou ainda dados sobre acessos e usuários na rede social. O destaque vai para o crescimento absurdo do serviço em dispositivos móveis — o que confirma que todos os grandes investimentos da companhia em um futuro próximo devem ser voltados a tablets e smartphones.

A base de usuários ativos diariamente no Facebook

Além disso, a Ásia e outras regiões emergentes, como a América Latina, engrossam bastante a base de usuários, mas ainda ficam muito atrás no fornecimento de lucros: a receita gerada ainda é muito maior nos Estados Unidos, no Canadá e na Europa.

Confira alguns dados:

  • A base de usuários do Facebook fechou em 1,3 bilhão de pessoas.
  • São 829 milhões de usuários diários ativos. Um quarto disso está na Ásia.
  • 654 milhões de usuários usam diariamente o app para tablets e smartphones. Destes, 399 milhões só usam o Facebook mobile. O número mensal é de 1,07 bilhão de pessoas.
  • Estados Unidos, Canadá e Europa praticamente estagnaram em novos membros — mas isso significa que "só" 5 milhões de moradores dessa regiões ingressaram no site nesse período.
  • A Ásia e o resto do mundo são mercados emergentes. No continente, foram 20 milhões de cadastros em três meses. Nos demais locais, total de 16 milhões.
  • Os usuários norte-americanos passam, em média, 40 minutos por dia no site.

Cupons de desconto TecMundo: