O Facebook anunciou nesta terça-feira (20) que o serviço de anúncios em vídeo está chegando a sete novos países, incluindo o Brasil. O método, até então em teste apenas nos Estados Unidos, insere vídeos de até 15 segundos na linha do tempo dos usuários e os filmes são executados automaticamente.

Chamado de Premium Video Ads, a nova ferramenta de publicidade do Facebook passa a ser disponível em Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, França, Japão e Reino Unido. “Os Premium Video Ads foram desenvolvidos para anunciantes que querem alcançar uma audiência maior com visão, som e movimento de alta qualidade”, afirma o anúncio feito nesta tarde.

Os vídeos são executados automaticamente conforme chegam em sua timeline, mas sem som. Caso você role a página, eles são interrompidos, algo semelhante às publicações em vídeo feitas no Instagram, rede social pertencente ao Facebook.

Quanto ao preço pago pelos anunciantes, o Facebook vai cobrar de acordo com a audiência alcançada pela publicidade, segundo o The Next Web. O alcance de uma publicação será medido por um órgão independente, o Nielsen Online Campaign Ratings (OCR), e a cobrança será feita em cima desses dados.

Nova métrica de vídeos

Para facilitar a compreensão por parte dos usuários sobre como as pessoas interagem com as publicações em vídeo, o Facebook disponibiliza também uma nova ferramenta de medição global.

Nova ferramenta de métrica de vídeo do Facebook.

Agora, o recurso detalha o número de visualizações totais, visualizações únicas, duração média e também retenção de audiência de um mesmo vídeo. Anteriormente, a ferramenta exibia apenas quantas pessoas tinham começado a ver uma publicação. O novo sistema de métrica estará disponível para todos os vídeos postados na rede, anúncios ou não, nas próximas semanas.

Cupons de desconto TecMundo: