(Fonte da imagem: Reprodução/Phandroid )

Assim como na reformulação visual de sua aplicação principal para Android em fevereiro, o Facebook disse ontem (17) que acaba de criar um programa para Beta testers focado em seu aplicativo Messenger. Participando da ação, usuários poderão ajudar a solucionar problemas de bugs na próxima versão do software, desfrutando de seus novos mecanismos antes do grande público.

A empresa avisou que múltiplas atualizações serão solicitadas semanalmente pelo aplicativo e comentou, ainda que sem dar muitos detalhes, que novas opções de compartilhamento estão entre os novos recursos disponíveis às cobaias do experimento.

“Tal como no app principal do Facebook, nossos objetivos com este programa consistem em expandir nosso grupo de testers e ganhar feedback através de mais de um conjunto de dispositivos”, diz Luiz Scheidegger, engenheiro do time de infraestrutura mobile.

Como participar da experiência

Para integrar a iniciativa, é preciso acessar o grupo do Google “Messenger for Android Beta Testers” e pedir para entrar, clicando no botão indicado. Em seguida, deve-se ir à Google Play, na página dedicada ao software, e clicar no botão “Tornar-se testador”. Por fim, basta baixar o aplicativo do Facebook Messenger na Google Play e permitir atualizações automáticas.

Com os testes em escala massiva e inserção de novas mecânicas dessa próxima versão de seu Messenger, especula-se que o Facebook, que comprou no mês passado o WhatsApp por US$ 19 bilhões, tenha planos de integrar as duas ferramentas de alguma forma. O palpite faz certo sentido, uma vez que unificações do gênero já aconteceram. Aliás, não devemos esquecer do caso da Microsoft, que migrou todos os usuários do MSN/Windows Live Messenger para o Skype, serviço que havia adquirido há pouco tempo.

Cupons de desconto TecMundo: