(Fonte da imagem: Shutterstock)

Pelo menos 54% das crianças com idade entre 6 e 9 anos possuem uma conta na rede social Facebook, segundo um estudo realizado pela AVG. O número é três vezes maior do que a média de outros países pesquisados. Os dados da pesquisa foram divulgados nesta segunda-feira pela Folha de S.Paulo.

A pesquisa levou em consideração 5.423 entrevistas online com pais de nove países além do Brasil. Vale lembrar que a idade mínima para a criação de uma conta no Facebook é de 13 anos, de forma que a criação de perfis para crianças dessa idade na rede social deve contar com a supervisão dos pais.

Outros números da pesquisa apontam ainda que 97% das crianças brasileiras com idade entre 6 e 9 anos usam a internet. A média dos demais países pesquisados é de 89%. O relatório mostra ainda que 66% dos pais não impõem controle parental ao conteúdo acessado pelos filhos; 12% das mães criam contas para os seus filhos; e 47% delas consideram o uso de tablets e smartphones essencial para o desenvolvimento dos filhos.

Restrição no uso pode evitar problemas

“A criança pode, querendo ou sem querer, entrar em um site e fazer uma compra. Imagine se meu filho acessa o aplicativo de email, o do banco ou publica uma foto errada, ele pode devastar a minha vida profissional”, exemplifica Tony Anscombe, executivo de segurança da AVG.

A psicóloga Luciana Ruffo, do Núcleo de Pesquisas da Psicologia em Informática da PUC-SP, defende que o uso irrestrito da internet pelas crianças pode causar problemas de privacidade de informações. “Funciona como na vida: o pai não deve deixar uma criança de 6 anos fazer certas coisas sozinha”, afirma.

Luciana ressalta ainda que o contato com a tecnologia é necessário para a educação e a vida profissional desde cedo. Contudo ela considera errado uma criança com menos de 10 anos ter o seu próprio tablet ou smartphone. “Elas ainda não têm maturidade”, finaliza.

Cupons de desconto TecMundo: