(Fonte da imagem: Reprodução/Daily Mail)

Procurado pelo Departamento de Polícia de Freeland desde novembro de 2013, Anthony James Lescowich Jr. foi preso após compartilhar em seu perfil no Facebook uma foto de seu cartaz de procurado. Sua prisão foi decretada devido a testemunhos que o acusam de ter agredido uma pessoa no mês de julho do ano passado.

Ao site TimesLeader.com, as autoridades policiais locais afirmaram que acreditam que o compartilhamento teve como objetivo ser uma espécie de provocação. No entanto, foi graças a ele que um agente disfarçado conseguiu entrar em contato com Lescowich através do sistema de chat integrado à rede social.

Disfarçado como uma mulher com traços atraentes, um dos investigadores, T.J. Rentschler, começou a conversar com o suspeito sobre o cartaz de procurado que ele havia ajudado a divulgar. Durante a conversa, que durou 30 minutos, ele conseguiu obter dados que ajudaram a determinar a localização do acusado, que foi convidado a ir fumar com o suposto interesse amoroso — assim que Lescowich chegou ao local de encontro combinado, ele foi preso pelos policiais.

Essa não é a primeira vez que o suspeito tem problemas com a justiça: segundo o site StandartSpeaker.com, ele já foi encarcerado 15 vezes, a primeira delas por ter roubado computadores aos 18 anos de idade. Ele também já admitiu ter roubado seus próprios pais, sua filha pequena, membros de sua família e seus amigos, o que fez com que ele fosse obrigado a morar nas ruas em um momento de sua vida.

Cupons de desconto TecMundo: