Fãs do Facebook no celular, preparem-se para estourar sua franquia 3G mais rápido do que nunca. Em uma preparação para expandir o mercado de propagandas na rede social, a empresa de Mark Zuckerberg anunciou que a versão mobile do serviço passará a executar vídeos do Facebook automaticamente enquanto você navega pelas novidades.

O funcionamento, como você pode ver acima, é bastante simples. Ao passar por um vídeo do Facebook em seu feed de notícias, a mídia é carregada automaticamente, de maneira semelhante ao que vemos no Vine. Todos os itens em execução permanecem sem som até que você os selecione – fazendo isso, o arquivo também é exibido em tela cheia no seu smartphone.

E quando essa novidade vai sair? Segundo o anúncio oficial, o autoplay já está sendo testado em um pequeno grupo de pessoas e deve se espalhar para o resto do público com o tempo.

Vale notar que até o momento o sistema está limitado apenas aos vídeos publicados no próprio Facebook; estes, por sua vez, devem ser de contas pessoais ou de páginas verificadas, de bandas ou músicos. A empresa já deixou claro, porém, que deve adicionar vídeos de propaganda com a ferramenta (a uma média de três posts por dia por conta) no futuro.

Uma aposta de risco

Para quem não sabe, a ferramenta autoplay já foi criada pelo Facebook há algum tempo, mas sua inserção veio sendo adiada pela companhia desde então. E por que eles fariam isso, considerando que os lucros deles utilizando tal ferramenta para propagandas é calculado por empresas como a eMarketer na faixa dos 4,1 bilhões só neste ano?

(Fonte da imagem: Reprodução/Facebook)

O fato é que até o momento a rede social não tem encontrado muitas empresas dispostas a serem as primeiras a investir em tais propagandas, segundo o Ad Age. De acordo com fontes do site, “parece que cada nova propaganda dentro do Facebook tem algum nível de repercussão por parte dos usuários pelo primeiro mês. Nós estamos hesitantes em ser os primeiros neste espaço por uma razão”.

E você, acha que a nova ferramenta é uma boa ideia ou ela realmente vai ter uma repercussão negativa no uso da rede social? Deixe suas opiniões nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: