Em declaração publicada nesse último dia 06, Lars Backstrom, gerente de engenharia da rede social criada por Zuckerberg, explicou de forma razoavelmente detalhada como o feed de notícias do Facebook, de fato, funciona. Em média, 1.500 atualizações diárias são feitas pelos seus amigos; apenas 300 delas, contudo, chegam a ser exibidas a você.

E de que forma essas três centenas de mensagens são selecionadas pelo Facebook? Em resumo, a combinação entre os critérios afinidade (entre você e os seus contatos), peso das postagens (tipo das publicações) e atualidade delas (o quão recente os posts são) é que determina o que vai ser ou não mostrado pelo seu feed.

Tudo por mais interação

De acordo com Backstrom, a intenção desse “filtro” é, na realidade, aumentar o nível de interação entre usuário e rede social. Se apenas mensagens relevantes (considerando os três critérios há pouco mencionados) forem visualizadas, maiores serão as chances de participação das pessoas no Facebook.

Mas como esse mecanismo de mediação foi elaborado? Ainda conforme explicado pelo executivo, o feed de notícias é um serviço que está em constante aperfeiçoamento. Assim, para que qualquer padrão de filtragem possa ser aplicado, cerca de 1% da base de usuários é submetida a testes. Se o resultado do experimento mostrar-se positivo, as mudanças são então aplicadas a todo o Facebook.

News Feed: consulte as "velhas histórias"

Você costuma verificar o seu feed em apenas alguns minutos? Se sim, certamente poucos posts acabam sendo visualizados. Pois saiba que um novo algoritmo de ranqueamento de postagens está sendo atualmente testado pelo Facebook. Que tal abrir seu perfil e encontrar, na página inicial, aquelas mensagens que não foram vistas em seu primeiro login na rede social?

Acessos secundários passam a exibir atualizações não visualizadas. (Fonte da imagem: Divulgação/Facebook)

Quando usuários acessam o Facebook pela manhã, um número determinado de atualizações é exibido. Eles podem até rolar a página e visualizar mais posts, mas algumas mensagens acabam ficando invariavelmente para trás. Este novo mecanismo permite que as publicações não vistas em um primeiro momento sejam mostradas no topo do feed de notícias em um segundo login diário. Confira a seguir alguns resultados computados pela experiência News Feed:

  • Em um teste realizado recentemente com poucos usuários, a mudança resultou em um aumento de 5% na quantidade de curtidas, comentários e de compartilhamentos de atualizações de páginas de amigos; 
  • A taxa de leitura das mensagens publicadas também revelou alterações. Em média, apenas 57% das histórias são lidas; o News Feed aumentou esse registro para 70%.

Se o News Feed continuar computando resultados aparentemente positivos, o sistema deverá atingir primeiramente os usuários do Facebook em inglês – outros idiomas deverão receber a atualização em um momento posterior.

....

Ciente, então, das três condições que caracterizam um post como “popular” (afinidade, atualidade e tipo da publicação), você sabe agora como o feed de notícias do Facebook funciona. É curioso notar, também, que a declaração de Backstrom foi a primeira a explicar a forma com que o tal mecanismo processa as 300 atualizações. Será que o News Feed vai acabar sendo adotado por esta rede social?

Cupons de desconto TecMundo: