(Fonte da imagem: Reprodução/Facebook-Spotted UFRJ)

Uma nova mania está conquistando os universitários que querem passar aquela cantada em alguém e não sabem como chegar até a pessoa. Aproveitando um modelo de publicação que virou moda em universidades estrangeiras, os usuários podem enviar seus recados para serem publicados de forma anônima em páginas do Facebook.

As páginas “Spotted” ajudam as pessoas a expressar seus interesses. Muitas postagens nessas páginas dão conta de flertes entre alunos que se veem na universidade, mas que não têm a chance de conversar e nem mesmo de descobrir o nome da outra pessoa.

Claro que entre as publicações surgem alguns recados um pouco mais impróprios e outros que são simplesmente engraçados. Cerca de dez universidades brasileiras já tem suas páginas “Spotted” na rede social, em geral administradas pelos próprios alunos que recebem as mensagens e as postam anonimamente na internet.

Spotted: quero te ver mais

O modelo de páginas “Spotted” surgiu na forma de dar indiretas sobre comportamentos vistos nas ruas. As primeiras publicações com esse formato começaram a fazer sucesso a partir de 2012. Situações inusitadas flagradas em locais públicos geravam comentários bem-humorados sobre o cotidiano em páginas como “Spotted: On Dublin Bus” e “Spotted: On the Train”.

A versão brasileira para as publicações “Spotted” trata mais de cantadas do que de flagras, mas não perde o humor. Os universitários têm a chance de interagir com as publicações e comentar as cantadas através dessas páginas. O canal não deixa de ser um ótimo meio para quem viu aquela gata ou aquele gato passar e não consegue mais tirar a pessoa da cabeça. O namoro e a pegação estão liberados, de forma anônima e bem-humorada, nas páginas “Spotted” de universidades brasileiras.

Cupons de desconto TecMundo: