(Fonte da imagem: Reprodução/Practical Sustainability)

Controlar o comportamento dos filhos em uma era de conectividade constante não é uma tarefa muito fácil, mas parece que um pai americano conseguiu encontrar uma forma inteligente de manter a sua filha de 14 anos longe do Facebook, pelo menos por um tempo.

Paul Baier e sua filha Rachel Baier assinaram um contrato que diz que, se a garota ficar afastada da rede social de fevereiro até abril, ela recebe US$ 50 (R$ 100). Caso ela consiga estender esse período de afastamento até o dia 26 de junho, a garota garante mais US$ 150 (R$ 300).

Rachel também precisa entregar para o seu pai a senha de acesso de sua conta no Facebook. Dessa maneira, ele pode desativá-la e impedir que a garota tenha recaídas durante o tempo de vigência do contrato.

O contrato foi ideia dela

O curioso disso tudo é que a ideia do contrato foi da própria garota e não de seu pai. Ela tinha consciência de que precisava perder menos tempo com o Facebook e de que precisava ganhar algum dinheiro. O documento resolveu os dois problemas, pelo menos até ela comprar as “coisas” que definiu no papel.

É claro que ela pode continuar acessando a internet e até mesmo criar outras contas no Facebook escondida de seu pai. Mas, como a ideia do contrato foi dela, é possível que isso não aconteça.

Você costuma perder muito tempo no Facebook?

Cupons de desconto TecMundo: