(Fonte da imagem: Reprodução/Facebook)

Uma ação conjunta do FBI com — acreditem — o Facebook resultou na prisão de uma quadrilha internacional de cibercriminosos. Ao todo, 10 pessoas foram presas nos seguintes países: Bósnia-Herzegovina, Croácia, Macedônia, Nova Zelândia, Peru, Reino Unido e Estados Unidos.

A detenção faz parte de uma grande investigação de crimes virtuais, e o grupo em questão teria ligação com o malware Yahos, que já infectou mais de 11 milhões de máquinas em todo o mundo.

Essa “epidemia” custou, ao todo, mais de 850 milhões de dólares (valor superior a 1,5 bilhão de reais), e os efeitos da infecção incluem roubo de dados bancários e de cartão de crédito, além de outros dados pessoais.

De acordo com o site do FBI, a polícia federal dos Estados Unidos, a equipe de segurança do Facebook auxiliou nas investigações ao ajudar a identificar os envolvidos no esquema e também aqueles afetados pelo malware.

Cupons de desconto TecMundo: