Ela foi demitida por não aprovar celulares em aula. Você aguenta uma hora sem o seu? (Fonte da imagem: Robert Van Ness/SF)

Durante atividades físicas ou aulas de instrução, desligar os celulares é praticamente uma regra – mas levá-la a sério, em alguns lugares, pode ter o efeito contrário e custar o emprego do professor. É o que aconteceu com Alice Van Ness, que tentou banir smartphones durante as práticas de yoga no escritório do Facebook.

O problema aconteceu no campus da rede social em Menlo Park, na Califórnia. Van Ness sempre pedia a todos que desligassem os smartphones durante a hora de exercícios, mas um de seus alunos desafiou a ordem e começou a enviar mensagens e a mexer nas redes sociais durante a atividade. A instrutora disse ter lançado um olhar de reprovação ao funcionário, que deixou a sala por alguns minutos para terminar o que estava fazendo.

Duas semanas depois, após relatar o ocorrido para seus superiores, a professora foi demitida. Inconformada, ela disse que também é fanática por celulares, mas que sabe a hora de usá-los ou deixá-los de lado. “Nós estamos falando sobre o Facebook, não sobre o governo dos Estados Unidos”, afirmou ao jornal San Francisco Gate, completando que todo mundo pode aguentar meia hora sem consultar o aparelho – mesmo que sejam funcionários de um dos sites mais acessados do planeta.

Fonte: SF Gate

Cupons de desconto TecMundo: