O Facebook decidiu acabar com o seu sistema de créditos – utilizados para pagamentos online na rede social – e substituí-lo por métodos de pagamento direto utilizando a moeda local e um novo sistema de assinatura.

De acordo com um comunicado da companhia de Mark Zuckerberg, o novo sistema foi planejado para oferecer mais flexibilidade de cobrança aos desenvolvedores. Assim, todos os aplicativos e jogos que vendem itens virtuais na rede social poderão mudar o preço de suas ofertas de acordo com a região.

Ao mesmo tempo, o Facebook alega que a novidade será benéfica a todos os consumidores, especialmente os que vivem fora dos Estados Unidos. Isso porque, como os preços já serão expostos na moeda local de cada usuário, isso aumenta a transparência dos negócios realizados na rede.

Enquanto preços em moeda local já estão sendo expostos nos aplicativos, o recurso de ativar pagamentos recorrentes (no caso de páginas com conteúdo mensal, por exemplo) deve estar disponível até julho, quando o novo sistema está previsto para estar completamente operacional.

Fonte: Slashgear

Cupons de desconto TecMundo: