91% das pessoas não se importam com notícias compartilhadas no Facebook (Fonte da imagem: Divulgação/Facebook)

Pelo que tudo indica, ninguém leva a sério as notícias compartilhadas pelo Facebook ou Twitter. Apesar de triste, é isso que afirma uma pesquisa realizada com 3.016 pessoas pelo Pew Research Center, nos Estados Unidos. Seja no computador, smartphone ou tablet, apenas 9% das pessoas acompanham, com frequência, as recomendações de notícias compartilhadas nas duas redes sociais.

A maior parte dos internautas (36%) continua visitando os sites de notícias diretamente, enquanto 32% das pessoas obtêm as novidades por meio de buscas realizadas na internet. Já os aplicativos ou leitores de feed, como o Google Reader, são a opção favorita de 29% dos entrevistados.

Ao excluir os leitores da imprensa tradicional, o número de pessoas que dão atenção às notícias compartilhadas em redes sociais sobre para 52%, mas isso ainda é pouco se comparado à quantidade de usuários que preferem acessar a fonte original, como a página de um jornal ou agência (92%).

Caso o Facebook e o Twitter sejam comparados, as notícias compartilhadas pelo Facebook levam vantagem, com 7% das pessoas assumindo que clicam nesse tipo de postagem com muita frequência. No Twitter, a marca fica em 3%.

Além disso, os pesquisadores notaram que, no caso da rede de Mark Zuckerberg, para 70% das pessoas as notícias costumam vir de amigos e parentes, enquanto que, no Twitter, muitos preferem seguir jornalistas e órgãos de imprensa para ficarem mais bem informados.

Cupons de desconto TecMundo: