As redes sociais já dominaram nosso dia a dia, seja em momentos bons ou ruins. O Facebook, o maior serviço do gênero, até entrou no processo de separação de um casal norte-americano. Segundo o site Forbes, o juiz Kenneth Shluger, do estado de Connecticut (EUA), determinou que Stephen e Courtney Gallion entregassem as senhas de suas respectivas contas na rede social para que o divórcio prosseguisse.

De acordo com a publicação, o objetivo da sentença foi evitar que possíveis evidências adquiridas pela rede social fossem usadas para a abertura de ações judiciais – fato que influenciaria no divórcio. Todavia, há especulações de que o motivo principal do decreto judicial foi outro. O marido afirma que sua esposa possui informações que poderiam a denegrir durante o processo de separação – como confissões de como era a relação dela com os filhos e a sua incapacidade de criá-los.

Sabendo disso, Stephen pediu ao juiz que obrigasse a esposa a fornecer sua senha do Facebook para averiguar esses relatos. Nesse momento, Courtney teria entrado em contato com um amigo para que ele trocasse o dado de acesso da sua conta na rede social e apagasse algumas informações. Além disso, os advogados da mulher solicitaram que o mesmo recurso fosse aplicado ao marido.

Foi então que o juiz sentenciou que ambos deveriam alterar suas respectivas senhas e fornecê-las como parte do divórcio. O processo de separação ainda está em andamento.

Cupons de desconto TecMundo: