Tome cuidado com o que você diz ou posta no Facebook: seus pais podem estar de olho em todas as suas atividades na rede social, ao menos de acordo com uma pesquisa publicada recentemente na Inglaterra.

Segundo o estudo foi feito pela agência OnePoll, em uma pesquisa para o software de segurança BullGuard, 55% dos 2 mil pais entrevistados afirmam que checam constantemente o perfil de seus filhos apenas para saber o que eles andam fazendo na rede e reforçar a segurança deles na internet. O número de quem não utiliza esse tipo de controle é bastante baixo: apenas 5% não faz tal vigilância, por não saber utilizar a rede social.

Além disso, um em cada dez pais pesquisados admitiu que a criação da conta no Facebook está vinculada unicamente ao controle parental, sem o intuito de fazer outros amigos ou interagir em jogos e eventos do site, por exemplo.

Filho, posso ser seu amigo?

Foi perguntado também se os pais tentaram adicionar seus filhos como contatos no Facebook, seja para reforçar o controle ou apenas para estreitar os laços virtuais entre ambos. O resultado é surpreendente: dos 16% que tentaram essa estratégia, 30% dos pais tiveram o pedido de amizade negado.

Crianças e adolescentes não foram pesquisados pela OnePoll, mas normalmente eles não são muito receptivos à entrada dos pais nas redes sociais. Essa manobra, entretanto, pode dar resultados: recentemente, um caso de cyberbullying foi descoberto e denunciado apenas porque a mãe da vítima acessou o perfil da filha.

Cupons de desconto TecMundo: