Pouco após de lançar uma espécie de concorrente para o Steam focado em jogos casuais, o Facebook está testando recursos que o colocam frente a frente com o LinkedIn. Na última segunda-feira (7), a companhia anunciou que vai introduzir um sistema que vai permitir que administradores de páginas divulguem vagas de emprego disponíveis através delas.

“Baseado em comportamentos que vimos no Facebook, no qual muitos negócios pequenos publicam sobre aberturas de vagas em suas páginas, estamos fazendo um teste para que administradores criem anúncios de emprego e recebam currículos dos candidatos”, afirmou um porta-voz da companhia à Reuters.

estamos fazendo um teste para que administradores criem anúncios de emprego e recebam currículos

O que ainda não está clara é a maneira como a rede social pretende monetizar essa opção — boa parte dos recursos do LinkedIn são gerados através de taxas mensais cobradas de empregadores e usuários que buscam por vagas. A inserção da novidade deve se mostrar benéfica para donos de negócios, que vão ter à sua disposição os usuários da maior rede social do mundo, algo que deve ajudar a preencher postos de trabalho rapidamente.

Até o momento, não há previsão de quando o serviço deve passar a funcionar para todas as pessoas e negócios registrados no site, visto que isso depende do sucesso obtido durante essa fase de testes. E você, gostaria da possibilidade de encontrar um emprego graças ao Facebook? Converse sobre o assunto em nossa seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: