Uma das principais críticas feitas às redes sociais é sobe sua impessoalidade. Os usuários postam de tudo: sentimentos, pensamentos, opiniões, sugestões, ideias, vídeos, fotos. E isso, sem que ninguém perceba muito, acaba expondo nossa vida pessoal a terceiros que nem sempre têm boa vontade. Pensando nisso, as autoridades francesas estão alertando pais a não publicarem fotos de seus filhos no Facebook.

A polícia do país disse aos responsáveis que “pensem duas vezes” antes de postar tais imagens porque elas podem colocar em risco a privacidade e a segurança de seus herdeiros. A entidade diz que, se as fotos forem amplamente compartilhadas, elas podem atrair “predadores sexuais”, e outro grupo alerta para os problemas sociais e psicológicos que as crianças podem enfrentar futuramente. Um especialista chegou até a dizer que os pais podem ter de lidar com processos a respeito de violação de privacidade. “Proteja seus filhos”, diz o lema das autoridades numa postagem do Facebook.

“Vocês podem ser mães e pais orgulhosos de seus filhos incríveis, mas tomem cuidado. Lembramos a todos que postar fotos de suas crianças no Facebook não é algo que não traz perigo”, continua a mensagem na rede social de Mark Zuckerberg.

Éric Delcroix, perito em leis a respeito da internet, disse, ao jornal francês Le Figaro, que as “fotos de hoje podem causar os processos do futuro”. Isso porque, de acordo com a lei francesa acerca de privacidade – uma questão delicada naquele país –, qualquer um disposto a publicar e distribuir imagens de uma pessoa sem o consentimento dela pode enfrentar até 1 ano de prisão e arcar com uma fiança de 45 mil euros. Isso também se aplicaria a pais que postam fotos de seus filhos. Segundo Viviane Gelles, advogada especializada no assunto, as leis francesas deixam claro que “os pais são responsáveis por proteger a imagem de seus filhos”.

As autoridades sugeriram que os pais implementem fortes controles de privacidade para limitar a audiência de suas fotos. De um tempo para cá, o Facebook tem simplificado suas configurações de privacidade. Jay Parikh, vice-presidente de engenharia da rede social, explicou, recentemente, que o site está considerando um novo recurso que automaticamente alerte os pais antes de eles compartilharem fotos de seus filhos com as massas.

O que você acha da medida da polícia francesa em alertar pais a tomarem cuidado com as fotos de seus filhos no Facebook? Comente no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: