Uma das extensões mais populares entre aqueles que desejam evitar anúncios enquanto navegam na internet, o Adblockacaba de ganhar um novo dono. Anunciada na última quinta-feira (dia primeiro), a transição não identifica quem é o novo detentor da marca, mas já deixa evidente algumas mudanças no direcionamento do aplicativo.

A primeira delas é o surgimento de um aviso que indica que o Adblock agora vai trabalhar com o sistema EyeO de “propagandas aceitáveis”. Na prática, essa solução permite que anunciantes paguem uma quantidade de dinheiro não divulgada para serem incluídos em meio a uma lista de propagandas permitidas pelo filtro da extensão.

A mudança na filosofia do Adblock e o fato de que seu novo dono permanece em anonimato gera certa desconfiança entre seus usuários, que passaram a duvidar da confiabilidade da solução. Questionada pelo site The Next Web, a companhia só afirmou que o criador da extensão, Michael Gundlach, não vai mais ter qualquer espécie de contato com a companhia.

O diretor Gabriel Cubbage continua gerenciando a empresa, agora sob o comando do novo dono misterioso. Desde que foi lançado em 2009, o Adblock angariou aproximadamente 40 milhões de usuários que buscam uma experiência menos invasiva na hora de navegar pela internet, solução que ao mesmo tempo prejudica criadores de conteúdo que dependem da publicidade para sobreviver.

Cupons de desconto TecMundo: