O escritor e programador James Somers publicou uma extensão para o navegador Chrome chamada Draftback, que permite ver – caractere por caractere – como um texto do Google Drive foi digitado. Trata-se de um histórico completo do documento.

Isso é possível pelo fato de o Google Drive (antes conhecido como Google Docs) guardar todas as modificações feitas em um texto, desde o primeiro caractere até a última revisão.

Além de permitir ver como o documento foi feito, como se fosse um vídeo, também é possível destacar trechos e publicar o histórico de cada parte na web. O "playback" pode ser passado em tempo real, com todos os intervalos feitos pelo redator do texto, ou num ritmo constante, como se tudo tivesse sido digitado numa única sentada.

O plugin também mostra gráficos e estatísticas do documento, como o tamanho do texto e quando e onde as modificações foram feitas. O fato perturbador é que a extensão permite fazer o playback de qualquer texto no Google Drive, inclusive daqueles que o usuário não tem permissão para editar.

Cupons de desconto TecMundo: