A sonda espacial Rosetta agora orbita o cometa 67P – o destino do satélite foi alcançado após dez anos de viagem (saiba mais aqui). E as primeiras imagens do fragmento que desfila em pleno vácuo foram publicadas pela Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço (NASA) já nesta semana.

“A foto foi capturada pelo Onboard Scientific Imaging System (OSIRIS) de Rosetta no dia 06 de agosto de 2014. A imagem mostra claramente uma série de aspectos, tais como pedras, crateras e penhascos íngremes. A foto foi tirada à distância de 130 quilômetros e possui a resolução de 2,4 metros por pixel”, publicou a NASA.

Importante mencionar que esta é a primeira vez na história da Ciência que enquadramentos precisos de um cometa são feitos. Em novembro, o robô de exploração Philae vai aterrissar sobre o irregular terreno extraterrestre – imagens inéditas serão novamente capturadas; análises acerca da composição do cometa serão feitas através de 20 instrumentos de medição carregados pela exploradora.

Superfície do cometa 67P; primeira foto do gênero capturada por sonda espacial.

“Rosetta será também a primeira nave espacial a testemunhar as mudanças de um cometa que fica exposto à radiação solar. As observações vão ajudar os cientistas a aprender mais sobre a origem e evolução do Sistema Solar – cometas podem ter tido o poder de semear água na Terra e, quem sabe, até mesmo vida”, observa a agência espacial norte-americana. Informações técnicas acerca dos intrumentos e missão de Rosetta podem ser conferidas neste link.

Cupons de desconto TecMundo: