(Fonte da imagem: Divulgação/LiftPort)

Em uma ideia que parece saída dos jogos da franquia Killzone, a LiftPort quer retomar as pesquisas para a construção de um elevador espacial que ligaria diretamente a Terra e a Lua. Como se a ideia dos empreendedores já não fosse inusitada o bastante, o grupo de empresários está usando o Kickstarter para financiar o pontapé inicial no projeto, em uma iniciativa que já conquistou mais de 650 adeptos.

A meta inicial de US$ 8 mil (cerca de R$ 16 mil) para reinício das pesquisas já foi atingida e, no momento em que esta notícia foi escrita, o projeto da LiftPort já havia arrecadado quase US$ 22 mil (aproximadamente R$ 44 mil). Entre os brindes para incentivar as doações, estão desde pôsteres e joias inspiradas no elevador até a chance de ser o primeiro a viajar para o espaço quando o projeto virar realidade.

As pesquisas iniciais consistem na construção de uma torre com 2 km de altura, na Terra, para testes de uma tecnologia de cabeamento experimental que utiliza aço e balões de hélio. A “cobaia” será um carro robô que, se sobreviver, permitirá que a companhia siga para a etapa seguinte: um elevador com 5 km de altura, com o qual seria possível testar os efeitos das baixas temperaturas e da força G sobre a estrutura.

A ideia de que a LiftPort é nada mais do que um bando de lunáticos é afastada rapidamente quando se percebe que a empresa, na verdade, é formada por ex-funcionários da NASA, que participaram de pesquisas de um elevador espacial para a agência americana. Apostando na ideia, uma empresa dedicada apenas a isso foi fundada. Agora, com o início da estabilização da economia estadunidense, eles estão dispostos a reiniciar os trabalhos.

O custo total para produção do projeto é estimado em US$ 800 milhões. A expectativa da LiftPort é, no futuro, contar com apoio governamental e de grandes empresas interessadas na exploração do espaço.

Fontes: DVice, Kickstarter

Cupons de desconto TecMundo: