A Estação Espacial Internacional (ISS) deve receber nos próximos dias um módulo bastante peculiar enviado pela NASA. Ele deve ser lançado por meio de um foguete Falcon 9, da SpaceX, no próximo sábado (18) e vai funcionar como um sensor responsável pelo controle de entrada e saída de naves espaciais da nossa atmosfera, sendo possível desenvolver um sistema de navegação para dispositivos autônomos.

Com suas três câmeras especiais, o módulo ganhou o nome de Raven (corvo), daí a conexão com o seriado/livro Game of Thrones e seu corvo de três olhos. Pequeno em dimensão, Raven vai testar tecnologias fundamentais que incluem sensores, algoritmos de visão de máquina e o processamento em geral, para que encontros no espaço possam ser aperfeiçoados.

Decolagem do foguete Falcon 9 da SpaceX

Mapeamento do espaço 

Esse tipo de tecnologia é de extrema importância para a NASA, e a agência espacial norte-americana ainda não a possui. Levando em conta que praticamente nenhum satélite tem a capacidade de ser programado para ser interceptado sem sofrer danos e receber algum tipo de manutenção ou alteração, o trabalho do corvo de três olhos vai ser bastante crucial para o desenvolvimento da exploração espacial.

O módulo deve chegar na ISS cinco dias após o lançamento e será instalado pelo braço robótico Dextre

O Raven deve funcionar por cerca de dois anos a partir de agora na Estação Espacial Internacional, ajustando tecnologias que vão servir como os olhos e o cérebro de inúmeras missões espaciais daqui para frente. O módulo deve chegar à ISS cinco dias após o lançamento e será instalado pelo braço robótico Dextre. A partir daí, o corvo de três olhos estará olhando por todos nós, não dos confins de Westeros, mas lá de cima! Confira as imagens do vídeo abaixo:

Cupons de desconto TecMundo: