De acordo com a revista Popular Science, na reunião, que aconteceu em agosto de 2014, mas só foi divulgada agora, discutiu-se a possibilidade de montar uma pequena estação lunar até 2022 com até US$ 10 bilhões. Entre os cientistas e astrônomos presentes estava o astrobiólogo Chris McKay, da NASA , além de George Church e Peter Diamandis, da X Prize Foundation.

Apesar de ter ocorrido há quase dois anos, os resultados do encontro só foram divulgados agora. A expectativa é que uma pequena estação lunar seja construída até 2022 no valor de 10 bilhões de dólares - o programa Apollo, que levou o homem à Lua pela primeira vez custou o equivalente a 150 bilhões de dólares.

Este valor relativamente baixo é justificado pelo avanço na tecnologia. A migração espacial pode ser facilitada pelo uso de impressoras 3D, robôs, carros autônomos e privadas recicladoras, o que deixa tudo ainda mais fácil e barato.

Estação espacial

A grande vantagem de ocupar de vez a Lua, é que ela pode servir de ponte para outras viagens espaciais, principalmente a de Marte, que deve ser ocupado em 2030. "Para mim, a Lua é tão sem graça quanto uma bola de concreto. Mas não teremos uma base de pesquisa em Marte se não fizermos isso primeiro na Lua", afirma o astrobiólogo Chris Mckay.

Construir uma estação na Lua seria uma espécie de simulação para o planeta vermelho, permitindo testar os sistemas de propulsão, comunicações, adaptação e formas de sobrevivência para os astronautas.

A ocupação humana da Lua provavelmente começará devagar, com estadias curtas por uma pequena equipe. As missões ficariam por mais tempo até que se tenha uma estação permanentemente ocupada, bem como a Estação Espacial Internacional.

Você moraria em uma estação lunar? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: